Brasileirão

Diante do Sport, Ponte Preta quer quebrar jejum fora de casa

Com apenas duas vitórias longe de Campinas na Série A, Macaca busca resultado positivo diante do Leão

Felipe Holanda
Felipe Holanda
Publicado em 27/10/2016 às 7:43
Guga Matos/JC Imagem
Com apenas duas vitórias longe de Campinas na Série A, Macaca busca resultado positivo diante do Leão - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Buscando melhorar o retrospecto atuando fora de casa (tem duas vitórias em 16 jogos), a Ponte Preta fez nesta quarta (26/10), no CT do Náutico, na Guabiraba, seu último treino antes da partida contra o Sport. Como venceu o último compromisso longe no Moisés Lucarelli em junho, diante do Santa Cruz, por 3x0, pela 12ª rodada da Série A, o time campineiro quer quebrar o jejum de vitórias e se aproximar do G-6 do Brasileirão. 

De volta à capital pernambucana, pela primeira vez como adversário, o técnico Eduardo Baptista optou por silêncio e mistério. Não quis comentar sobre seu ex-clube e fechou parte do treinamento para a imprensa. Tudo isso para voltar a vencer fora de Campinas. O volante Wendel, ex-Sport, disse que a Ponte esta preparada para encerrar o hiato de resultados positivos como visitante. 

“É um jogo importante para nós na tabela e, se a gente almeja voos mais altos, precisamos vencer fora de casa. Sabemos que o Sport é uma grande equipe, mas fizemos uma boa partida diante do São Paulo, então, se conseguirmos repetir, corrigindo os erros, eu acho que a gente tem tudo para sair com a vitória da Ilha do Retiro”, afirmou Wendel.

MARCA PESSOAL

O atleta de 34 anos terá a oportunidade de bater uma marca pessoal no confronto diante dos leoninos. Será sua 700ª partida na carreira, a 13º pela Macaca. Já pelo rubro-negro pernambucano, Wendel fez quase cem jogos (96), sagrando-se campeão do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste em 2014, sob o comando de Eduardo Baptista.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias