ACORDO

Náutico espera definir acesso antes de renovar contratos

Diretoria alvirrubra diz que maioria dos jogadores interessa para 2017

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 27/10/2016 às 14:33
Foto: JC Imagem
Diretoria alvirrubra diz que maioria dos jogadores interessa para 2017 - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

O Náutico ainda luta pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro e, por ainda faltar seis rodadas a disputar, a direção não decidiu com todos os jogadores quem deve ficar no Timbu na próxima temporada. Apenas quatro nomes já foram confirmados previamente no elenco alvirrubro de 2017, mas, de acordo com o diretor de futebol Marcílio Sales, a maioria do time atual interessa ao clube.

O meia Marco Antônio, que chegou no mês de setembro, já havia assinado para vestir a camisa vermelha e branca até o final do próximo ano. Os jovens Jefferson Nem, atacante, e Joazi, lateral-direito, também garantiram a permanência no Náutico. O volante Maylson, que se recupera de uma lesão e deve retornar aos gramados antes do final da temporada, é outro a ficar por mais um ano no Timbu. O meia Vinícius, também aquisição recente, interessa ao clube e já foi contactado, mas a renovação não depende apenas do jogador. Os direitos dele estão vinculados ao Atlético-PR.

“Estamos esperando, se Deus quiser, atingir os pontos suficientes para o acesso e chegar à Série A, e então fazer uma análise do plantel e ver quem tem interesse de ficar e nós também temos interesse. Vamos realmente sentar e conversar depois que atingir o nosso objetivo”, disse Marcílio Sales.

TREINADOR

Quanto ao técnico Givanildo Oliveira, a direção também ainda não confirmou a permanência, pelo mesmo motivo. “O elenco do Náutico está rigorosamente em dias e o bicho também. Estamos preocupados com isso para fechar o ano como foi planejado”, pontuou o dirigente. O Timbu é o 5º colocado da Segundona, com 51 pontos, apenas um a menos que o Londrina, último time dentro do G4. Nesta sexta-feira (28), os alvirrubros recebem o líder Atlético-GO.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias