OFENSIVO

Givanildo explica o que muda no Náutico com entrada de Esquerdinha

Segundo o treinador, a equipe alvirrubra vai ganhar em ofensividade

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 18/11/2016 às 8:06
Foto: JC Imagem
Segundo o treinador, a equipe alvirrubra vai ganhar em ofensividade - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Para a partida contra o Tupi-MG, sábado, às 15h30, no estádio Municipal de Juiz de Fora (MG), pela 37ª rodada da Série B, o técnico Givanildo Oliveira vai promover apenas uma mudança no Náutico em relação ao time que perdeu para o Avaí. Com a lesão de Marco Antônio no músculo adutor da coxa, Esquerdinha foi o escolhido para assumir a vaga entre os titulares. Porém, apesar dessa única alteração, o treinador alvirrubro afirma que a postura do time será diferente por conta das características distintas dos dois atletas.

"Com Marco Antônio em campo, Rodrigo (Souza) tem mais liberdade para subir, porque João Ananias segura a marcação com ele na frente dos zagueiros. Já com Esquerdinha ganhamos mais lá na frente, pois ele é mais habilidoso e tem um bom último passe. Mas o cuidado aumenta porque sai um jogador que ajuda na marcação que é o Marco", alertou Givanildo.

POSICIONAMENTO

Sobre como pretende utilizar Esquerdinha em campo, o técnico timbu já deixou claro que espera bastante movimentação do atleta. "Ele (Esquerdinha) começou a carreira como lateral, mas é meia de origem. Quero que ele possa jogar pelos lados e por dentro, até porque Rodrigo Souza também vai ter essa chance de sair para o jogo. Vamos trabalhar para ver se conseguimos o resultado positivo", contou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias