Campeonato Pernambucano

Atletas do Náutico negam clima de revanche contra o Sport

Leão foi o último time a derrotar o Náutico antes de sequência invicta do Timbu, de 18 jogos

klisman
klisman
Publicado em 12/04/2019 às 13:23
Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leão foi o último time a derrotar o Náutico antes de sequência invicta do Timbu, de 18 jogos - FOTO: Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leitura:

O elenco do Náutico vive a expectativa para o primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano 2019, diante do Sport, nos Aflitos. A chance de conquistar um bicampeonato após 16 anos, além da possibilidade de voltar a derrotar o Leão em finais, quebrando tabu que perdura por 51 anos. E a confiança dos Alvirrubros se torna maior ainda pelo atual desempenho. Ostenta invencibilidade de 18 jogos e vem de uma grande atuação fora de casa, em que eliminou o Ceará pela Copa do Nordeste. Moral alta, mas pés no chão para o Clássico dos Clássicos.

“Cada momento é um momento. O que a gente está vivendo agora é fantástico para todos nós que fazemos parte do Náutico. O Campeonato (Pernambucano) significa muito para a gente, e a gente vai seguir lutando. É muito importante não só para mim, mas para todo elenco. Vamos batalhar, são dois jogos difíceis e a gente sabe que vai encontrar pela frente outro time difícil, que é o do Sport, mas estamos preparados”, salientou o volante Josa.

CLIMA DE REVANCHE?

Também existe um outro ‘tempero’ que dá um gosto diferente a este clássico. A última derrota do Náutico no ano foi para o Sport, no dia 27 de janeiro. Naquele jogo, o Timbu ainda seguia bastante instável e perdeu por 3 a 1, na Ilha do Retiro. De lá para cá, a equipe comandada por Márcio Goiano cresceu de produção e chega em outro panorama. A vontade de derrotar o rival é maior ainda por todo o contexto de decisão de campeonato. Porém, o grupo descarta o sentimento de revanche.

“Revanche não, mas por ser final e um clássico, todo mundo quer ganhar. Então a gente não é diferente. A gente está preparado, faz muito tempo que a gente não perde. A última derrota foi para o Sport, então nada melhor do que conquistar um título em cima do Sport. O que consequentemente vai dar muita moral durante o ano. Então é se dedicar ao máximo nesse jogo, que vai ser fundamental”, acrescentou o volante Maylson.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias