Timbu

Náutico: 'Ninguém jogou a toalha', diz Johnnatann sobre final da Série C

Timbu perdeu a ida para o time gaúcho e vai ter que vencer por dois gols de diferença a volta nos Aflitos

JC Online
JC Online
Publicado em 16/09/2019 às 7:00
Léo Lemos/CNC
Timbu perdeu a ida para o time gaúcho e vai ter que vencer por dois gols de diferença a volta nos Aflitos - FOTO: Léo Lemos/CNC
Leitura:

Apesar de chateados com a derrota, por 2x1, para o Juventude no último domingo (15), no jogo da ida das semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro, os jogadores do Náutico não pretendem deixar o desânimo se abater sobre a equipe. Depois desse resultado em Caxias do Sul (RS), os alvirrubros precisam vencer o duelo da volta, no próximo dia 22, às 18h, no estádio dos Aflitos, por dois gols de diferença. Se o triunfo vier com a vantagem de um tento, a disputa vai para os pênaltis.

"Infelizmente a gente errou na definição e ali, um pouco de calma, mas não adianta reclamar agora. Tem o jogo de volta. Não adianta ficar lamentando, tem que trabalhar durante a semana. Com o apoio do nosso torcedor, em casa, nós somos fortes e acreditamos que vamos chegar nessa final. Ninguém está desacreditado, ninguém jogou a toalha. Temos o jogo da volta e a nossa equipe tem condições de, dentro de casa, passar e continuar na briga pelo título", comentou o meio-campista Jhonnatann.  

GOSTO AMARGO

No jogo em Caxias do Sul, o Timbu vencia até os 24 minutos do segundo tempo. Antes de Renato Cajá marcar o gol de empate, Álvaro, autor do gol timbu na partida, perdeu grande oportunidade ao mandar bola no travessão um minuto antes. No fim do jogo, aos 49, um lance de bola parada, com a cobrança de falta de Eltinho, deu números finais ao jogo, com a vitória do Juventude por 2x1.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias