semifinal

Ex-Náutico crê em vaga do Juventude na final da Série C

Na partida de ida entre as equipes, em Caxias do Sul (RS), o Juventude venceu de virada por 2x1

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 18/09/2019 às 18:09
Notícia
Foto: Arthur Dallegrave/Juventude
Na partida de ida entre as equipes, em Caxias do Sul (RS), o Juventude venceu de virada por 2x1 - FOTO: Foto: Arthur Dallegrave/Juventude
Leitura:

Autor do gol que deu a virada ao Juventude no último domingo (15), o lateral-esquerdo Eltinho prega respeito ao Náutico no jogo de volta da semifinal do Campeonato Brasileiro da Série C. Mas, o ex-alvirrubro vê o time gaúcho em condições de manter a vantagem de 2x1 e conquistar o título da competição, almejado também pelo Timbu.

"Sabemos que o estádio estará lotado. Joguei no Náutico e sei da força deles. Possuem uma torcida fanática e encontraremos muitas dificuldades. Vamos para lá respeitando muito a equipe deles. Será mais uma batalha. Creio que, apesar das dificuldades, temos totais condições de fazer um grande jogo e avançar para final da Série C", disse o jogador.

O lateral defendeu o Náutico na temporada 2013. Ele fez apenas seis jogos como titular do time, em seis derrotas da equipe, sendo cinco pelo Campeonato Brasileiro da Série A e outra na Copa Sul-Americana. Como oponente, Eltinho enfrentou o Timbu em outras seis oportunidades, com três vitórias pelo Avaí e uma derrota, e uma derrota e uma vitória pelo ABC.

Agora, ele aguarda o jogo de domingo (22), às 18h, no estádio dos Aflitos. Dessa vez, o Juventude chega sem o técnico Marquinhos Santos, que acertou com a Chapecoense. "Nós já esperávamos a saída do Marquinhos Santos. Tudo isso é fruto do grande trabalho que realizou no Juventude. O objetivo inicial foi conquistado com ajuda dele. Vamos em busca do título agora. O grupo assimilou bem essa situação e estamos focados na decisão contra o Náutico", pontuou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias