Kieza

Executivo de futebol do Náutico explica complexidade na negociação por Kieza

Jogador tem interesse em retornar ao Náutico, que tenta uma liberação junto ao Fortaleza

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 03/01/2020 às 19:47
Notícia
Guga Matos/Acervo JC Imagem
Jogador tem interesse em retornar ao Náutico, que tenta uma liberação junto ao Fortaleza - FOTO: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Leitura:

A novela envolvendo o retorno do atacante Kieza ao Náutico ainda segue indefinida. Como não envolve apenas o clube e o jogador, a negociação para fechar a contratação não é simples. Com contrato até abril com o Fortaleza, o jogador precisaria de uma liberação do clube cearense para acertar com o Timbu. Explicando a complexidade das tratativas, o executivo de futebol alvirrubro, Ítalo Rodrigues, ainda citou a o alto salário do atacante e as especulações sobre o assunto como dificuldades para fechar o negócio.

"Essa é uma negociação complexa devido aos valores, ao vínculo do atleta e a tudo que envolve e principalmente as especulações, porque infelizmente surgem milhares de informações que não são reais. O que a gente tinha de tratar com Kieza foi tratado, o que o Fortaleza tinha de falar também já falou e a gente espera o decorrer dos dias para ver se algo muda e se vai haver novidade. A gente está atento ao mercado, seja o Kieza ou qualquer outro nome para preencher essa lacuna no elenco", explicou Ítalo Rodrigues.

Apesar do atual salário do jogador estar acima do patamar financeiro do clube, um acerto entre Kieza e o Náutico não é um problema, já que o jogador também manifesta o interesse de voltar ao Timbu. A dificuldade maior para o retorno do ídolo alvirrubro é justamente a liberação do Fortaleza, já que o treinador Rogério Ceni conta com o jogador no elenco. Dessa maneira, com as negociações avançadas com o atacante, a diretoria do Náutico espera um fato novo para tentar convencer o Tricolor do Pici a liberar o atleta antes do fim do contrato.

IDENTIFICAÇÃO

Para a temporada, a diretoria do Náutico tem apostado na identificação dos jogadores com o clube, investindo no retorno de alguns atletas. Dos oito reforços anunciados, três já tiveram passagens pelo Timbu. É o caso do lateral-direito Bryan, do zagueiro Ronaldo Alves e do atacante Erick. A contratação de Kieza se encaixa nesse perfil, mas devido as dificuldades nas negociações, a diretoria alvirrubra já monitora outros nomes para a posição.

"A torcida sonha com Kieza e eu também sonho de tanto me perguntarem, é engraçado (risos). É um atleta que a gente respeita muito, tem identificação com o clube. Se chegarmos em um consenso, se tivermos a oportunidade e o nome para essa posição for o Kieza ótimo, se não vai ser outro jogador. A gente está muito feliz com o grupo que a gente está formando até agora", completou o executivo de futebol alvirrubro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias