Clássico

Hereda é ausência e Gilmar Dal Pozzo não confirma time do Náutico contra o Sport

Apesar de não confirmar o time titular, o treinador do Náutico revelou que não vai fazer mudanças drásticas

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 17/01/2020 às 16:51
Notícia
Léo Lemos/Náutico
Apesar de não confirmar o time titular, o treinador do Náutico revelou que não vai fazer mudanças drásticas - FOTO: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Faltando dois dias para o clássico contra o Sport, que marca a estreia no Campeonato Pernambucano, o técnico Gilmar Dal Pozzo preferiu fazer mistério e não revelou o time titular do Náutico para o confronto. No treino desta sexta-feira, no estádio dos Aflitos, o lateral-direito Hereda foi ausência e não apareceu junto aos demais jogadores no aquecimento, única parte da movimentação liberada para a imprensa.

"Eu tenho um treino hoje a tarde e amanhã para ter essa definição, então não posso chegar aqui e definir uma escalação, porque pode ter alguma questão em relação a lesão. Tem também a produtividade e o desempenho de alguns jogadores que eu estou conhecendo melhor, por exemplo ontem no treino teve um atleta que eu não imaginava colocar ele no time titular, teve um bom desempenho e tem a possibilidade dele jogar", declarou Dal Pozzo, sem revelar o nome e a posição do jogador citado.

Ausência no treinamento, Hereda perdeu praticamente toda a pré-temporada por conta de um problema muscular. O jogador estava com edemas nas duas coxas e ficou mais de um mês fora de combate. Recuperado, o lateral-direito voltou a trabalhar com bola normalmente no início da semana e, na última quarta-feira (15), já foi testado por Gilmar Dal Pozzo no time principal do Náutico.

PROVÁVEL TIME

Provavelmente sem poder contar com Hereda, Gilmar Dal Pozzo deve promover o retorno de Bryan, que se recuperou de uma entorse no tornozelo direito. Assim, o provável time titular do Náutico para o clássico contra o Sport deve ser formado por: Jefferson; Bryan, Rafael Ribeiro, Fernando Lombardi e Wilian Simões; Josa, Rhaldney e Jean Carlos; Matheus Carvalho, Álvaro e Salatiel. Por outro lado, o zagueiro Ronaldo Alves e os atacantes Erick e Kieza devem ser opções no banco de reservas.

"Eu procuro ser justo a qualidade do jogador, a quem está melhor e em cima desses dois treinos é que a gente vai ter uma definição na escalação. Agora vocês também me conhecem, sou conservador a aquilo que eu penso, aos meus conceitos, então vocês devem imaginar também que eu não vá mudar muito em relação a aquilo que estava sendo feito", comentou o treinador alvirrubro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias