Campeonato Pernambucano

Após eliminação na Copa do Brasil, Náutico vai enfrentar o Central com time alternativo

Elenco do Náutico vai ter pouco tempo para lamentar a eliminação na Copa do Brasil

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 20/02/2020 às 7:43
Notícia
Alexandre Gondim/JC Imagem
Elenco do Náutico vai ter pouco tempo para lamentar a eliminação na Copa do Brasil - Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Menos de 48h depois de ser eliminado na Copa do Brasil ao perder nos pênaltis para o Botafogo, o Náutico já volta a entrar em campo, dessa vez pelo Campeonato Pernambucano. Mudando o foco, a equipe agora inicia a preparação para enfrentar o Central, às 19h15 desta sexta-feira (21), no estádio dos Aflitos. Para o confronto, devido ao pouco tempo de descanso para os jogadores, mais uma vez o Timbu vai ter mudanças, levando a campo uma equipe alternativa. Dessa maneira, o técnico Gilmar Dal Pozzo deve poupar todos os atletas que iniciaram o último jogo.

"A equipe que iniciou é humanamente impossível jogar, com exceção dos atletas que entraram no segundo tempo. A gente vai analisar, mas eu sempre coloquei aqui que o próximo jogo é sempre o mais importante, vamos muito fortes, porque agora a nossa pretensão e o foco maior é no Campeonato Pernambucano, sexta-feira temos um jogo importante, e depois na semana que vem focamos e trabalhamos para enfrentar o ABC, que estamos bem nas duas competições", comentou o técnico Gilmar Dal Pozzo.

AUTOESTIMA

Sem muito tempo para lamentar a eliminação na Copa do Brasil, Gilmar Dal Pozzo revelou que agora o principal desafio como treinador é não deixar com que os jogadores percam a confiança, já que o Náutico ainda disputa o Campeonato Pernambucano e a Copa do Brasil. Nas duas competições, aliás, o time está bem. No Estadual, é o vice-colocado, posição que garante a classificação para as semifinais de forma antecipada. Já no Nordestão, é o vice-líder do Grupo B, com sete pontos.

"Agora o grande desafio meu como técnico é resgatar a autoestima dos atletas, eu tenho essa capacidade, já vivenciei em outros clubes isso. E o argumento é muito fácil, eu falei para os jogadores que me orgulhei do grande jogo que fizemos, é do jogo. A gente não pode lamentar nada, no ano conseguimos o nosso principal objetivo do time nos pênaltis, por capacidade, é um fundamento que vamos continuar trabalhando para melhorar, futebol é assim", destacou o treinador alvirrubro. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias