natação

De olho no Maria Lenk, Etiene Medeiros disputa torneio na França

Etiene Medeiros vai disputar o Meeting Open Mediterranée, em Marselha, a partir da sexta-feira. Para a pernambucana, serão quatro provas em três dias de competição

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 21/03/2019 às 10:20
Igo Bione/Divulgação
Etiene Medeiros vai disputar o Meeting Open Mediterranée, em Marselha, a partir da sexta-feira. Para a pernambucana, serão quatro provas em três dias de competição - FOTO: Igo Bione/Divulgação
Leitura:

A pernambucana Etiene Medeiros está preparada para disputar sua primeira competição de 2019. Trata-se do Meeting Open Mediterranée, em Marselha, na França, a partir da sexta-feira (22). A competição internacional faz parte do ciclo de treinamento para o Troféu Maria Lenk, marcado para abril, no Rio de Janeiro. O detalhe é que a competição nacional valerá a classificação para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, e para o Campeonato Mundial em piscina longa, na Coreia do Sul.

Etiene viajou para a Europa acompanhada do treinador Fernando Vanzella e mais três colegas da equipe do Sesi-SP. A pernambucana disputará quatro provas em três dias de competição: 100m costas (Sexta-feira), 50m costas, 100m livre  (sábado) e 50m livre (domingo). As eliminatórias acontecem a partir das 12h30 e as finais às 20h (de Brasília). 

MARIA LENK

"Mais uma viagem pelo SESI-SP e acredito que ter escolhido essa competição como alvo pensando no Maria Lenk é muito interessante. Estive aqui em 2015 e o nível técnico é alto, algo importantíssimo nesse momento. Serão quatro provas em três dias de competição, então o importante agora é ser competitivo e rápido (talvez não tão rápida agora, pois ainda não estamos nos treinos específicos). O nosso foco aqui é já entrar em ritmo de competição", analisou.  

A competição contará com medalhistas olímpicos e campeões mundiais, elevando assim o nível das provas e reforçando o que a nadadora pernambucana e seu treinador propuseram para 2019: elevar o nível das competições em ano pré-olímpico. "A busca por uma vaga nas principais competições do ano está chegando e agora o que vale é focar ao máximo no que quero. Meu objetivo está traçado, agora é ir atrás dele. Falta pouco e as seletivas para estar no Mundial e Pan não serão fáceis, agora é fazer acontecer”, acrescentou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias