CONQUISTA

Eduardo Yudi dá 4º ouro ao judô brasileiro no Pan; Valéria é campeã no karatê

O brasileiro levou apenas 18 segundos para superar o adversário

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 10/08/2019 às 21:37
Notícia
Foto: Reprodução/ Instagram
O brasileiro levou apenas 18 segundos para superar o adversário - FOTO: Foto: Reprodução/ Instagram
Leitura:

Eduardo Yudi garantiu neste sábado (10) a quarta medalha de ouro do Brasil na disputa do judô nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Na final do peso meio-médio (até 81kg), ele precisou de apenas 18 segundos para superar o dominicano Medickson Del Orbe com um ippon. Já Alexia Castilhos (63kg) garantiu o bronze.

Nas fases anteriores, Yudi superou o argentino Luis Vega, nas quartas de final, e o norte-americano Jack Hatton, nas semifinais. "Eu pensei que ia ser uma luta dura. Mas eu já estava bem focado no que eu ia fazer e deu certo logo no começo. Eu estava bem focado, queria essa vitória", disse o brasileiro, ao SporTV, garantindo ter se surpreendido com a rápida conquista na luta pelo ouro.

Alexia, por sua vez, derrotou a norte-americana Hannah Martin nas quartas de final, mas perdeu por ippon, nas semifinais, para a venezuelana Anriquelis Barrios. Só que se recuperou na luta pelo bronze ao derrotar a equatoriana Estefanía García, ouro no Pan de 2015.

Também neste sábado, Rafael Macedo (até 90kg) perdeu a luta pelo bronze para o peruano Yuta Galareta, enquanto Ellen Santana (70kg) foi derrotada nas duas lutas que fez e acabou em sétimo.

Com o ouro de Yudi, o Brasil passa a somar seis medalhas no Pan. Nos dias anteriores, foram três ouros (Renan Torres, Larissa Pimenta e Rafaela Silva), uma prata (Daniel Cargnin) e um bronze (Jeferson Santos).

Karatê

Também neste sábado no Pan, Valéria Kumizaki faturou a medalha de ouro na categoria até 52kg ao superar por 4 a 1 a canadense Kathryn Campbell na final. Foi o quarto Pan consecutivo em que a brasileira subiu ao pódio - prata no Rio-2007, bronze em Guadalajara-2011, e ouro em Montreal-2015. Já Jessica Linhares levou a prata na categoria até 50kg.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias