cobra coral

Técnico do Santa Cruz analisa escolha por Jailson como titular

Milton Mendes precisou fazer três substituições para o jogo contra o Imperatriz

Karoline
Karoline
Publicado em 02/08/2019 às 17:14
Notícia
Foto: Reprodução
Milton Mendes precisou fazer três substituições para o jogo contra o Imperatriz - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

O técnico tricolor Milton Mendes já havia confirmado a titularidade do meia Jailson para a partida da noite desta sexta-feira (2), diante do Imperatriz. A opção pelo jogador, segundo o comandante do Santa Cruz, é pela necessidade de um jogador que quebre as linhas, pois ele vê Jailson como um jogador de drible.

Milton admitiu que, por não estar jogando, o meia sentiu um pouco quando foi acionado e não rendeu seu melhor. "Confio muito nele, acredito que é um jogador que pode fazer a diferença, no um para um, no drible. Espero que ele esteja no seu melhor. Tive uma conversa com ele durante a semana, está no seu melhor, motivado e vamos com ele", disse o técnico.

O comandante coral põe suas esperanças em uma boa atuação de Jailson. O técnico, porém, ressaltou que não pode jogar toda a responsabilidade no jogador.

Além da titularidade de Jailson, Milton Mendes já havia confirmado antecipadamente também Everton e o centroavante Guilherme Queiroz. Para a partida da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o Tricolor perdeu o volante Charles, suspenso por causa de um cartão vermelho diante do ABC, e os atacantes Misael e Pipico, por lesão. O primeiro sofreu uma contusão grau um na coxa direita e o artilheiro teve uma lesão grau dois na panturrilha esquerda.

O Santa Cruz é o 7º colocado no grupo A da Terceira Divisão, com 18 pontos somados. Adversário nesta noite na Arena de Pernambuco, o maranhense Imperatriz soma 21 pontos e é o 5º colocado, a dois pontos do grupo de classificação para o mata-mata.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias