ilha do retiro

Depois de Diego Souza, presidente do Sport revela cota para ações trabalhistas

Presidente do Sport, Milton Bivar, destacou que o clube ligou o alerta e trabalhará com cota para resolver ações trabalhistas

JC Online
JC Online
Publicado em 19/12/2019 às 11:35
Acervo/JC Imagem
Presidente do Sport, Milton Bivar, destacou que o clube ligou o alerta e trabalhará com cota para resolver ações trabalhistas - FOTO: Acervo/JC Imagem
Leitura:

O presidente do Sport, Milton Bivar, confirmou que o clube rubro-negro terá uma cota extra no orçamento para resolver questões referentes às ações trabalhistas. Em entrevista ao repórter Antônio Gabriel, da Rádio Jornal, o mandatário do Leão ressaltou que a ação movida pelo meia Diego Souza ligou um alerta e servirá de exemplo para outras situações que possam surgir no clube. Bivar também confessou que ficou surpreso com atitude do ex-jogador do Sport e esperava que, antes de ir à Justiça, Diego recorresse a um de seus contatos na Ilha do Retiro.

"Vai ter que ter (cota para ações trabalhistas). Vai ter que sentar. Não adianta colocar a poeira em baixo do tapete e vamos trabalhar para isso", pontuou Milton Bivar, que completou sobre a auditoria feita no Sport e ação de Diego Souza. "Isso está na auditoria que foi passada. Tudo bem que não está tão completa, mas esse negócio de Diego Souza furou. Foi um acordo feito em 2017 que eu mesmo não tinha conhecimento. O que estranhei é o fato de ele não ter procurado a gente. Porque ele tem amizade com ex-dirigentes do clube e torcedores que são associados ao clube e até pessoas que estão na diretoria. Se a coisa chegasse até mim não teria problema nenhum. Teríamos feito um acordo. Porque um acordo foi feito, mas não cumpriram. Só pagaram uma (parcela)", observou o mandatário.

SOBRE AUDITORIA

"Uma auditoria foi feita e apresentada. Uma auditoria externa e outra interna. As duas estão de posse no Conselho e foi divulgada na imprensa. Vou até pedir ao pessoal que divulgue novamente. Não é algo comum, mas não vejo problema em colocar. A dificuldade em ter um  orçamento passa por isso, pela dificuldade das informações, que vazam sem a gente sair", comentou Bivar, muito conciso.  

Últimas notícias