MINAS GERAIS

Menina faz desenho para relatar aos pais abusos cometidos por pastor

A criança de 5 anos era abusada pelo homem dentro do berçário da igreja

JC Online
JC Online
Publicado em 14/10/2016 às 16:11
Foto: Reprodução
A criança de 5 anos era abusada pelo homem dentro do berçário da igreja - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Um homem sorrindo, com um pênis ereto, sobre uma criança chorando é o desenho que ilustra os momentos de angústias vividos por uma menina de 5 anos em Montes Claros, Minas Gerais. As gravuras foram encontradas em meio aos pertences da garota, que tinha aulas de inglês o pastor da igreja que frequentava era abusada por ele.

Identificado como João da Silva, 54, o homem era o pastor secundário de uma igreja da região. Como ele tem formação em letras, a criança cursava aulas de inglês com ele e era abusada dentro do berçário da instituição.

Segundo a delegada que investiga o caso, a menina contou detalhes, dizendo que ele tirava a roupa dela e a colocava dentro de um berço, já que a sala era um berçário, e tirava a roupa, tocava nas partes íntimas dela e fazia sexo oral.

Ao tomarem conhecimento do caso, os pais procuraram o pastor principal da igreja e uma psicóloga. A menina já começa a apresentar um comportamento arredio, principalmente quando estava perto de outros homens.

segundo as investigações, para tentar intimidar a menina, João afirmava que sabia onde ela morava e estudava. 

Para o pai da criança e para o pastor principal, o acusado confessou o crime e mostrou arrependimento. Na delegacia, ele não o fez; segundo informações do Portal G1.

João foi expulso da congregação e perdeu a função de pastor secundário. O pai da menina prestou queixa na delegacia e o homem foi preso temporariamente. 

Investigação

A partir da decretação da prisão temporária de João da Silva, a Polícia Civil irá ouvir outras pessoas e investigar se mais crianças foram vítimas. A polícia quer ainda levantar outras informações sobre o homem, que morava em Aracaju (SE), é separado e tem dois filhos. Ele já atuava como pastor e está em Montes Claros há seis anos.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias