CONDENAÇÃO

STJ mantém condenação e Danilo Gentili terá que pagar indenização para 'maior doadora de leite do Brasil'

O caso aconteceu durante o programa Agora é Tarde, da TV Bandeirantes, em 2013

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 24/10/2019 às 22:06
Notícia
Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
FOTO: Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
Leitura:

O comediante e apresentador Danilo Gentili teve a condenação mantida no caso da ‘Maior doadora de leite do Brasil’, a pernambucana Michele Rafael. Segundo decisão proferida pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o ministro João Otavio de Noronha, Gentili terá que pagar uma indenização de R$ 80 mil com as devidas correções monetárias à doadora. 

Segundo explicou o advogado da vítima, Cláudio Lino, Danilo Gentili tinha até esta quinta-feira (24) para recorrer da decisão, mas isso não aconteceu. Assim, a vítima já poderia dar entrada a um pedido de cumprimento de sentença provisória, que determina que o apresentador pague a indenização.

Leia mais >> ‘A justiça foi feita’, diz doadora de leite que será indenizada por Danilo Gentili

Leia mais >> 'Maior doadora de leite' do Brasil vai repetir ato de amor

Leia mais >> Danilo Gentili é condenado a indenizar pernambucana doadora de leite

Ouça entrevista com Michele no podcast O fato é...

Entenda o caso

Em 2016, Gentili, o ator Marcelo Mansfield e a emissora da época, a TV Bandeirantes, foram condenados pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) a pagar uma multa de R$ 200 mil. O apresentador recorreu da decisão, na 5º Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Pernambuco, onde teve a multa reduzida para R$ 80 mil.

Em entrevista ao JC, por telefone, o marido de Michele, o professor de história Ederval Trajano, acredita que Danilo cometeu um desserviço às doações de leite, levando possíveis doadoras a desistirem do ato por medo de brincadeiras de mau gosto. Ele vê, também, a decisão do STJ como uma vitória de todas as mulheres, em especial, das doadoras de leite.

Michele vai continuar doando leite

A ‘maior doadora de leite do Brasil’, como ficou conhecida Michele Rafaela Maximino, está à espera de mais um filho. Com o nascimento de sua terceira filha, que hoje tem sete anos, a pernambucana da cidade de Quipapá orgulhou o Estado após chegar ao marco de aproximadamente 480 litros doados em 2013, sensibilizando o país. Dessa vez, a técnica em enfermagem pretende adotar uma postura diferente em relação à doação, pois sofreu com o alta exposição, além de ter travado uma batalha judicial contra o apresentador Danilo Gentili. Mas apesar de tudo isso não vai deixar de praticar o ato de amor que salva tantas vidas.

Em entrevista ao Jornal do Commercio, a técnica em enfermagem demonstrou estar entusiasmada com a vinda do seu quarto filho e afirmou que será doadora, mas não quer "muita mídia, nem muito alarde". Por isso, não pretende se candidatar ao Guinness Book para concorrer ao título mundial, desejo que tinha anteriormente a fim de ‘estimular outras mães a fazerem o mesmo.’

Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
Michele em audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco - Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
Michele está prestes a ter o seu quarto filho -
Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
- Foto: Ricardo B. Labastier/Acervo JC Imagem
Dani Gentili terá que pagar R$ 80 mil em indenização a Michele -
-

Chá de bebê beneficente

Perguntado o que faria com o valor recebido, o marido de Michele disse que eles pretendem, independentemente do valor a receber, organizar um chá de bebê beneficente em dezembro deste ano, já que Michele está esperando mais um filho. Segundo ele explicou, a entrada do evento será um pacote de fraldas descartáveis. Tudo o que for arrecadado será destinado à maternidade “Jesus, o Nazareno”, que fica em Caruaru.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias