AirAsia

Indonésia retoma buscas por avião desaparecido

Cerca de 30 navios e 21 aeronaves de Indonésia, Austrália, Malásia, Cingapura e Coreia do Sul vasculhariam na terça 10 mil milhas náuticas quadradas

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 30/12/2014 às 7:17
Foto: AFP
Cerca de 30 navios e 21 aeronaves de Indonésia, Austrália, Malásia, Cingapura e Coreia do Sul vasculhariam na terça 10 mil milhas náuticas quadradas - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Países asiáticos intensificaram nesta terça-feira, 30 (noite de segunda, 29, no horário de Brasília) as buscas pelo avião da AirAsia que levava 162 pessoas e desapareceu no domingo (28), no trajeto entre a Indonésia e Cingapura.

Os passageiros da aeronave eram, na maioria, indonésios. O chefe da agência de busca e resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo, disse à TV local que a área de buscas entre as ilhas de Sumatra e Bornéu seria ampliada. A procura pelos destroços do avião vem se concentrando no mar de Java.

Segundo as autoridades envolvidas na operação, cerca de 30 navios e 21 aeronaves de Indonésia, Austrália, Malásia, Cingapura e Coreia do Sul vasculhariam na terça 10 mil milhas náuticas quadradas (18.520 km²).

O mar em boa parte da região das buscas tem de 50 a 100 metros de profundidade - o que, em tese, pode facilitar o trabalho de encontrar destroços.

Os EUA anunciaram o envio do USS Sampson, um destróier de mísseis guiados, que deve chegar à região das buscas ainda nesta terça. "Estamos prontos para ajudar no que for possível", disse o porta-voz do Pentágono, Mark Wright.

O Ministério da Defesa chinês informou ter enviado um navio de guerra para o mar do Sul da China, próximo à região do desaparecimento, e disse que seus aviões "iniciaram trabalhos preparatórios" para as operações de busca.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias