GUERRA NA SÍRIA

Bombardeio deixa 11 mortos na Síria

As vítimas morreram após bombardeio com foguetes na cidade de Aleppo

Julia Aguilera
Julia Aguilera
Publicado em 14/04/2019 às 19:41
Foto: AFP
As vítimas morreram após bombardeio com foguetes na cidade de Aleppo - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Onze pessoas morreram neste domingo na Síria em um bombardeio com foguetes contra a cidade de Aleppo, controlada pelo regime de Bashar al-Assad, anunciou a agência de notícias oficial Sana.

A segunda maior cidade da Síria fica perto do reduto jihadista de Idlib, província dominada pelo grupo Hayat Tahrir al-Sham (HTS, antigo braço da Al-Qaeda). Desde que o regime a recuperou, em 2016, Aleppo é alvo de ataques esporádicos jihadistas ou rebeldes.

Segundo a Sana, 11 pessoas foram mortas por foguetes de "grupos terroristas", terminologia habitual do regime para se referir tanto aos jihadistas quanto aos rebeldes. Onze civis ficaram feridos.

A agência acusou grupos rebeldes apoiados pela Turquia de estarem por trás do bombardeio, enquanto o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) apontou para grupos jihadistas, incluindo o HTS.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias