CATEDRAL DE NOTRE-DAME

Obras da Catedral de Notre-Dame recomeçam em 19 de agosto

O incêndio atingiu a Catedral que fica em Paris, no dia 15 de maio deste ano

AFP
AFP
AFP
Publicado em 09/08/2019 às 20:18
Foto: Pierre Galey/AFP
FOTO: Foto: Pierre Galey/AFP
Leitura:

As obras de reconstrução da Catedral de Notre-Dame, parcialmente destruída em um incêndio em abril, serão retomadas em 19 de agosto próximo, informaram as autoridades administrativas da região de Paris, nesta sexta-feira (9).

Na quinta-feira (1), um grupo de sindicatos e de associações pediu o ''confinamento total do lugar'' pela contaminação de chumbo provocada pelo incêndio, assim como a criação de um centro de supervisão sanitária.

As tarefas foram suspensas após uma visita dos inspetores do Trabalho, que reconheceram como insuficientes as medidas de segurança adotadas em função da contaminação.

Veja imagens do incêndio que atingiu a Catedral de Norte-Dame:

Foto: AFP
Um incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15) - Foto: AFP
Foto: AFP
Uma multidão de parisienses e turistas chocados, alguns chorando, outros rezando, olhavam com horror - Foto: AFP
Foto: AFP
As chamas devoraram a emblemática catedral de Notre-Dame, no centro de Paris - Foto: AFP
Foto: AFP
Todos viram, perplexos, o maior monumento visitado da Europa se destruir em meio ao fogo - Foto: AFP
Foto: AFP
As chamas começaram por volta das 19h50 local (14h50 no horário de Brasília - Foto: AFP
Foto: AFP
Rapidamente, vários bombeiros foram chamados para conter o incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
Bombeiros indicaram que uma reforma pode ter começado o incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
Mas ainda não há uma confirmação oficial. Só uma perícia no local dirá o que, de fato, aconteceu - Foto: AFP
Foto: AFP
A estrutura principal da Notre-Dame foi salva e preservada - Foto: AFP
Foto: AFP
Um dos profissionais ficou gravemente ferido e é a única vítima relatada - Foto: AFP
Foto: AFP
Muita coisa foi destruída no incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
A polícia tentava afastar transeuntes das duas ilhas do Sena - Foto: AFP
Foto: AFP
O vento espalhou, rapidamente, as cinzas pelo centro de Paris - Foto: AFP
Foto: Pierre Galey/AFP
De longe era possível ver toda a destruição - Foto: Pierre Galey/AFP
Foto: AFP
A comoção foi grande em todo lugar do planeta - Foto: AFP
Foto: AFP
Vários líderes mundiais se solidarizaram com a tragédia - Foto: AFP
Foto: AFP
A Catedral de Notre-Dame de Paris foi construída entre 1163 e 1245 na Île de la Cité - Foto: AFP
Foto: AFP
Ela é uma das catedrais góticas mais antigas do mundo - Foto: AFP
Foto: AFP
Apesar da destruição, o presidente francês garantiu: "vamos reconstruir a Notre-Dame" - Foto: AFP

Ocorrido em 15 de abril, o incêndio da catedral provocou a fundição de toneladas de chumbo contidas na agulha e no telhado do prédio. O material se dispersou na forma de partículas. Os trabalhadores são os mais expostos a riscos.

Também foram detectados níveis elevados de chumbo nos bairros próximos à catedral, e uma escola foi fechada por precaução. Ainda não há data para sua reabertura.

O presidente francês, Emmanuel Macron, pediu que a catedral seja reconstruída em até cinco anos. A primeira fase das obras, a de consolidação da estrutura, ainda não terminou.

História de Notre-Dame

A Catedral de Notre-Dame de Paris foi construída entre 1163 e 1245 na Île de la Cité, Ilha da Cidade em português. Ela é uma das catedrais góticas mais antigas do mundo. O nome significa Nossa Senhora e é dedicada à Virgem Maria. Cerca de 13 milhões de pessoas visitam ao ano, ela é o monumento histórico mais frequentado da Europa.

Ela já recebeu, em seus oito séculos de história, várias reformas. Sendo a mais importante em meados do século XIX

Em Notre-Dame foram realizados importantes acontecimentos, entre os quais vale destacar a coroação de Napoleão Bonaparte, a beatificação de Joana D’Arc e a coroação de Henrique VI da Inglaterra.

Últimas notícias