CASO MARIELLE

Carlos Bolsonaro divulga áudio do condomínio sobre acesso de Elcio

Segundo a gravação postada pelo vereador, não há nenhum registro de chamada realizada para a casa 58 do condomínio, como mostrou a reportagem do Jornal Nacional

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 30/10/2019 às 14:13
Notícia
Foto: Divulgação/PCRJ
Segundo a gravação postada pelo vereador, não há nenhum registro de chamada realizada para a casa 58 do condomínio, como mostrou a reportagem do Jornal Nacional - FOTO: Foto: Divulgação/PCRJ
Leitura:

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) publicou em suas redes sociais um vídeo no qual alega ter acessado o arquivo de ligações realizadas na portaria de seu condomínio no dia 14 de março de 2018, data em que a vereadora Marielle Franco (PSOL) foi assassinada. De acordo com a gravação postada por ele, a ligação das 17h13, citada pela reportagem do Jornal Nacional, foi realizada para a casa de número 65 e não para a 58, casa de Jair Bolsonaro. O vereador informou que teve acesso às gravações por ser morador do condomínio e que isso "não teria problema", mas reafirmou que as investigações correm sob segredo de Justiça.

Em uma reportagem exibida na noite desta terça-feira (29) o Jornal Nacional, da TV Globo, afirmou ter acessado o depoimento de um porteiro do condomínio onde moram Carlos Bolsonaro, Jair Bolsonaro e Ronnie Lessa, autor dos disparos que mataram Marielle. O funcionário estava de plantão na data em que a vereadora foi assassinada e afirmou à polícia que Elcio Queiroz, motorista que dirigia o carro de onde Lessa disparou os tiros, foi ao local após ter sua entrada autorizada por alguém da casa 58, a quem identificou como o "seu Jair".

Questionado por usuários, vereador publica vídeo com ligações para sua casa e do presidente

Após a publicação do vídeo, o vereador foi questionado por internautas sobre ligações, que aparecem no vídeo, para a casa do presidente e para sua própria casa. Atendendo pedidos, ele reproduziu as duas chamadas. Confira os áudios:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias