SENADOR

Aliado de Bolsonaro, Fernando Bezerra vê Brasil entrando num 'ciclo de prosperidade'

Fernando ainda alfineta Paulo Câmara afirmando que os investimentos do Estado são baixos

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 13/01/2020 às 16:55
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Fernando ainda alfineta Paulo Câmara afirmando que os investimentos do Estado são baixos - FOTO: Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Leitura:

Opositor ao governador Paulo Câmara (PSB), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) defendeu, nesta segunda-feira (13), a retomada dos investimentos estaduais para reverter a “perda de dinamismo” na economia. Durante palestra no Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-PE), Bezerra disse que o Ministério do Desenvolvimento Regional investiu mais de R$ 1 bilhão em Pernambuco em 2019 e que isso significa quase 10% do total de recursos executados pelo ministério no ano passado.

“Espero que em 2020 a gente possa construir um ambiente de diálogo para que parcerias possam ser feitas pelo governo do Estado com o governo federal, para animar a economia de Pernambuco assim como o Brasil está se animando”, disse Fernando Bezerra diante de uma plateia de empresários.

Aliado de Jair Bolsonaro

Líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando ainda disse acreditar que o Brasil será lançado num "ciclo de prosperidade" a partir do avanço da agenda de reformas econômicas no Congresso. "Além disso, a liberação de recursos do FGTS e o pagamento do 13º do Bolsa Família estimularam o consumo das famílias, o que terá reflexo positivo no PIB", aponta o senador.

“Em Pernambuco, os saques do FGTS somaram R$ 945 milhões, e 40% das pessoas que têm conta ainda vão fazer o saque até março, ou seja, os efeitos da liberação do FGTS serão sentidos nos próximos 90 dias”, afirmou. “O Brasil encerrou 2019 muito melhor do que terminou 2018. E está todo mundo muito animado que 2020 será ainda melhor.”

Além de Fernando Bezerra, o filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro também fez publicações defendendo os investimentos do governo federal no Nordeste e em Pernambuco. Cabe lembrar que a região tem governadores de esquerda e de oposição a Bolsonaro e que ele sofreu derrotas nas urnas do Nordeste nas eleições de 2018.

Filho do senador é candidato à reeleição 

Um dos principais beneficiados dos recursos que estão vindo de Brasília, até o momento, é o prefeito de Petrolina e filho de Fernando Bezerra, Miguel Coelho (MDB). Na disputa pela reeleição em Petrolina, no Sertão, ele tem na manga a vinda de alguns ministros do governo federal, como Gustavo Canuto, de Desenvolvimento Regional, que lançou o Plano Nacional de Segurança Hídrica; a ministra da Agricultura, Tereza Cristina; e o ministro da Educação, Abraham Weintraub; além do próprio presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

“Historicamente, Petrolina é uma cidade muito politizada. Os petrolinenses sempre sabem que qualquer prefeito ou governador para ter sucesso, precisa ter alinhamento com o Governo Federal, independente da ideologia política ou partidária. O dinheiro está em Brasília”, afirma Miguel ao JC.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias