COVID-19

Quais turmas e escolas ainda faltam ter aulas liberadas presencialmente em Pernambuco?

Estudantes de 3º e 2º anos da rede privada já puderam retornar às escolas

JC
JC
Publicado em 16/10/2020 às 8:16
Notícia

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Ainda não há previsão para volta dos estudantes dos ensinos básico e fundamental - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Leitura:

Cerca de 10,5 mil concluintes do ensino médio da rede privada - que tinham volta prevista para terça-feira (6), já puderam voltar às escolas na sexta-feira (9), mesmo muitas das unidades escolhendo abrir apenas após o feriado prolongado, na terça-feira (13), mesmo dia em que os 11,4 mil estudantes do 2º ano foram às salas de aula. No próximo dia 20, é a vez dos estudantes do 1º ano do ensino médio. Já a rede estadual, que teve retorno suspenso na última semana, foi autorizada, nessa quinta-feira (15), a abrir as portas para os alunos do 3º ano na próxima quarta-feira (21).

A rede estadual tem cerca de 290 mil alunos no ensino médio. Desse total, 111 mil estão no 1º ano, 85 mil no 2º ano e 79 mil no 3º ano. Os adolescentes do 2º ano das escolas estaduais poderão voltar a ter aulas presenciais em 27 de outubro. Na semana seguinte, na terça-feira 3 de novembro, logo após o feriadão de Finados, estarão autorizadas as aulas presenciais para alunos do 1º ano, do ensino técnico concomitante e subsequente e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Ainda não há, entretanto, previsão para volta dos estudantes da educação infantil e ensino fundamental. A prioridade para os alunos dos 3º anos do ensino médio é porque eles estão em seu último ano na educação básica e se preparando para as provas do Enem, Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da UPE e outros vestibulares.

LIMINARES

Na semana passada estava prevista a volta de todos os alunos do 3º ano. Mas uma liminar favorável ao Sintepe determinou que as aulas presenciais fossem suspensas no mesmo dia em que as escolas reabriram, 6 de outubro.

Três dias depois, na sexta-feira (09), o desembargador José Ivo de Paula Guimarães, do TJPE, cassou a liminar e determinou que as aulas voltassem até esta sexta-feira (16) ou numa data acordada entre Sintepe e governo estadual. Essa data é 21 de outubro.

Na próxima segunda-feira, dia 19, haverá uma assembleia de professores, prevista para 14h30. Mais cedo, às 8h, tem reunião entre representantes do Sintepe e do governo. Durante essa semana foram formadas comissões para visitar as escolas estaduais e conferir as condições de retorno da comunidade escolar. 

Nesta nova assembleia há o risco de os docentes não concordarem em voltar no dia 21. Se a decisão final for essa, os professores estarão descumprindo a determinação da Justiça, sendo passível, portanto, de serem responsabilizados por isso, por meio do Sintepe.

DECRETO

O decreto que mantem a suspensão das aulas presenciais para a educação infantil e o ensino fundamental nas escolas e demais instituições de educação básica, públicas ou privadas, em Pernambuco, vigora até segunda-feira (19). Não há previsão ainda de anúncio de cronograma para retorno das crianças e adolescentes dessas séries.

Na rede particular, os alunos do 2º e 3º ano do ensino médio já estão liberados para aulas presenciais. Os do 1º ano voltarão a partir da próxima terça-feira, dia 20.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias