COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

UFPE, UFRPE e UPE mantêm uso de máscaras em ambientes fechados, apesar de liberação do governo de Pernambuco

UFPE, UFRPE e UPE informaram que por enquanto o uso de máscara será mantido nos espaços fechados das instituições

Margarida Azevedo
Cadastrado por
Margarida Azevedo
Publicado em 19/04/2022 às 15:05 | Atualizado em 19/04/2022 às 18:07
RAFAELA CELESTINO/DIVULGAÇÃO
Estudantes só serão liberados do uso de máscaras em ambientes abertos - FOTO: RAFAELA CELESTINO/DIVULGAÇÃO
Leitura:

A máscara de proteção contra a covid-19 continuará sendo exigida nos ambientes fechados das Universidades Federal (UFPE) e Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e na Universidade de Pernambuco (UPE), apesar da liberação do governo estadual.

Segundo as assessorias de imprensa da UFPE e da UFRPE, nas duas instituições de ensino, alunos, professores e servidores, além de visitantes, terão que portar a proteção no rosto. Na UPE, a mesma informação foi confirmada pela reitora Socorro Cavalcanti.

LIBERAÇÃO

Na manhã desta terça-feira (19), o governador Paulo Câmara anunciou que não será mais exigido o uso de máscaras em ambientes fechados a partir desta quarta-feira (20). Segundo o governo, a diminuição dos números da covid-19 no Estado permitiu esta flexibilização no Plano de Convivência com a doença.

Mas há exceções. O uso obrigatório da máscara será mantido nos transportes coletivos, escolas e unidades de saúde no Estado.

Nas faculdades e universidades, não será necessário estar de máscaras no entendimento do governo estadual. Caberá a cada instituição de ensino superior decidir como proceder, já que elas têm autonomia para isso. 

UFRPE

"A obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes internos permanece na UFRPE. O Comitê de Acompanhamento da Covid-19 permanece monitorando a situação para novas determinações", diz a Ascom da UFRPE. A Rural tem cerca de 15 mil estudantes, 1.200 professores e mil técnicos-administrativos.

"Temos um acompanhamento regular. Estamos sempre avaliando o cenário da pandemia, os avanços e retrocessos. Estamos trabalhando na perspectiva de liberação do uso de máscaras no próximo semestre, após a decisão dos conselhos da Rural, já que é uma decisão coletiva", diz o reitor da Rural, Marcelo Carneiro Leão.

Atualmente a UFRPE está no primeiro semestre letivo de 2021, que começou em fevereiro. Vai até o final de maio. O segundo semestre letivo de 2021 deve ter início em junho. Já o abo letivo de 2022 está previsto para começar em novembro.

UFPE

A Ascom da UFPE informa que mantém a resolução atual que obriga o uso de máscaras em áreas internas da instituição. Na próxima semana está prevista uma reunião do grupo de trabalho Covid para discutir o tema. Esse grupo é consultivo e dá subsídio às decisões da administração central.

Somente após essa reunião o reitor Alfredo Gomes poderá manter ou não a obrigatoriedade das máscaras nas unidades da UFPE.

A UFPE tem cerca de 40 mil estudantes entre graduação e pós-graduação, com cerca de 400 no colégio de aplicação. Há 2.555 docentes e cerca de 3.500 técnicos.

UPE

Em comunicado, a UPE disse que "permanece obrigatório o uso correto da máscara por toda comunidade acadêmica (docentes, discentes, técnico-administrativos e prestadores de serviços) e visitantes nos ambientes da Universidade de Pernambuco (fechados ou abertos), com base nos protocolos sanitários que mantiveram o uso de máscaras nas escolas de Educação Básica e Unidades de Saúde", explica a instituição. "A máscara é individual e deve cobrir o nariz, a boca e o queixo", complementa.

 

Comentários

Últimas notícias