COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Com quantos anos pode fazer o Enem?

Provas do Enem 2022 serão nos dias 13 e 20 de novembro. Inscrição para participar do exame começou nesta terça-feira e vai até 21 de maio

Margarida Azevedo
Cadastrado por
Margarida Azevedo
Publicado em 10/05/2022 às 11:26 | Atualizado em 10/05/2022 às 23:30
EDMAR MELO/ACERVO JC IMAGEM
Com a nota do Enem é possível concorrer a vagas de graduações em mais de cem universidades públicas por meio do Sisu - FOTO: EDMAR MELO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Começaram nesta terça-feira (10) as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), avaliação que é porta de entrada para ingressar em mais de cem universidades públicas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Também com a nota do Enem é possível concorrer a bolsas de graduação em faculdades privadas, atráves do Prouni, ou obter financiamento estudantil pelo Fies.

Não há restrição de idade ou escolaridade para participar do Enem na versão impressa. Qualquer pessoa pode se inscrever nesse formato. As provas serão realizadas nos dias 13 e 20 de novembro em todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal. Em Pernambuco, haverá aplicação de testes em 83 cidades e no arquipélago de Fernando de Noronha.

Já no Enem digital, que acontecerá nas mesmas datas do modelo impresso, só podem participar os candidatos que estiverem no último ano do ensino médio ou que já concluíram essa etapa da educação básica.

REGRAS

Para o Inep, órgão do MEC responsável pelo Enem, é definido como "treineiro", o participante que:
a) concluirá o ensino médio após o ano letivo de 2022;
b) não esteja cursando e não concluiu o ensino médio.

No edital do Enem impresso, o Inep detalha que "o participante 'treineiro' estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, exceto quanto à divulgação dos resultados, que, por serem para fins de autoavaliação de conhecimentos, serão divulgados 60 dias após a divulgação dos resultados do exame.

O Inep alerta ainda, no mesmo edital, que os resultados individuais não poderão ser utilizados pelo participante treineiro como "mecanismo para acesso à educação superior, especialmente a ofertada pelas instituições federais de educação superior; e nem "como acesso a programas governamentais de financiamento ou apoio ao estudante da educação superior".

O candidato que ainda não tem ensino médio ou está no 3º ano "deve estar ciente de que sua participação no Enem visa somente à autoavaliação", alerta o órgão do MEC. Ao se inscrever, o estudante treineiro deverá declarar, no sistema de inscrição, que tem ciência das condições elencadas no edital.

Comentários

Últimas notícias