redes sociais

Agência que cuida das redes de João Campos recebeu R$ 1,2 milhão da Prefeitura em 2023, diz Alcides Cardoso

Blog já tinha revelado relação próxima da agência com a família de João Campos

Imagem do autor
Cadastrado por

Jamildo Melo

Publicado em 01/03/2024 às 12:19 | Atualizado em 01/03/2024 às 12:31
Notícia
X

O jornal Folha de São Paulo, pela coluna Painel, informa que a Prefeitura de Recife, comandada por João Campos (PSB), gastou cerca de R$ 1,2 milhão no ano passado com a agência Hermanos, especializada em mídia digital, para campanhas de publicidade.

O Blog de Jamildo já tinha informado uma proximidade da agência com a família do prefeito João Campos e com o PSB.

Os dados dos gastos da prefeitura foram levantados pelo vereador Alcides Cardoso (PSDB), líder da oposição no Recife. Ele compilou gastos de janeiro a novembro do ano passado —os de dezembro ainda não foram disponibilizados pela Prefeitura no Portal da Transparência.

Segundo o levantamento, o valor foi pago pela Secretaria de Governo da Prefeitura, responsável pela publicidade.

Foram feitos pagamentos em março, abril, julho, agosto, setembro e novembro. O vereador diz ter protocolado um pedido de informações à Prefeitura sobre os gastos com o Carnaval, especificamente o valor pago aos influenciadores digitais que cobriram a festa.

"Há uma estrutura de pagamentos para exaltação da figura do prefeito que, inclusive, pode configurar campanha antecipada com recursos públicos", afirmou.

Cabelo platinado

Como mostrou o Painel, a mesma agência é contratada pelo diretório do PSB em Pernambuco para aumentar o engajamento de Campos em redes sociais.

Candidato à reeleição, o prefeito mais que quadruplicou seu número de seguidores no Instagram, passando de 500 mil no final de 2023 para 2,3 milhões agora.

Campos teve um salto no número de seguidores ao platinar o cabelo antes do Carnaval, fato que foi destacado por diversos portais e influenciadores.

A Hermanos, sediada na capital pernambucana, assessora João Campos em ações para gerar engajamento.

O acordo vem desde a gestão do antecessor de Campos, Geraldo Júlio (2013-20), que também era do PSB. Nem o partido, nem a empresa revelaram ao Painel detalhes do contrato, como o valor pago.

Procurada pelo jornal, a Prefeitura do Recife informou em nota que "a contratação é feita a partir de licitação pública, por meio de agências de publicidade, seguindo o que prevê a legislação vigente, e com informações disponíveis no portal da transparência."

"O gabinete também deixa claro que não há incompatibilidade com os serviços prestados, mas ressalta que toda a contratação pública para o conteúdo institucional segue ritos específicos, sem que nenhuma postagem envolvendo diretamente a imagem do chefe do executivo do municipal seja feita nos perfis da Prefeitura do Recife", afirma.

Tags

Autor