POLÍCIA

Programa para recuperar bicicleta roubada em Pernambuco será lançado nesta quarta-feira (30); Saiba detalhes

O Alerta Bike, como está sendo chamado pela SDS, é inspirado no Alerta Celular

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 29/06/2021 às 20:22
Notícia
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Proprietário da bike deverá fazer o cadastro dela no sistema da SDS - FOTO: YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

Depois de muita expectativa, a Secretaria de Defesa Social (SDS) vai lançar, nesta quarta-feira (30), o programa "Alerta Bike", que promete identificar e recuperar as bicicletas que foram furtadas ou roubadas em Pernambuco. A tecnologia é inspirada no bem-sucedido “Alerta Celular”.

O projeto da SDS foi revelado em primeira mão pela coluna Ronda JC no mês passado. 

A ideia é que os proprietários deste meio de transporte registrem o número de série (chassi) no site da SDS (assim como atualmente pode ser cadastrado o IMEI do celular). Desta forma, quando os policiais identificarem uma bike com a numeração em posse de criminosos, ela poderá ser apreendida e devolvida ao dono.

“Toda bicicleta acima do aro 16 tem um número de série, e sua ausência deve ser um indício que a posse é ilícita, devendo nesse caso o proprietário provar a sua posse lícita, Caso contrário, o policial deverá empreender diligência a fim de verificar alguma irregularidade”, diz a portaria da SDS. Se não comprovada, a bike poderá ser apreendida.

A partir do momento em que as bicicletas forem recuperadas, a polícia fará o cadastro dos dados no sistema para identificar o proprietário. Ele será imediatamente contactado e poderá fazer o resgate. 

AUMENTO DE CASOS

O texto da portaria assinada no mês passado pelo então secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, reconheceu ainda que houve um “aumento acentuado nas ocorrências de roubo e furto de bicicleta no Estado”. Nesta quarta-feira, o novo secretário, Humberto Freire, dará detalhes sobre o crescimento das investidas criminosas. A coletiva será as 10h30. 

O ALERTA CELULAR

Por meio da plataforma Alerta Celular, o cidadão pode cadastrar os dados do aparelho e ser avisado caso o dispositivo seja recuperado. Para isso, basta inserir as informações de IMEI, modelo e número de telefone no site da SDS. Nas abordagens a suspeitos, os policiais verificam se o IMEI dos celulares encontrados correspondem a algum aparelho cadastrado no sistema e se há queixa de furto ou roubo.

O IMEI é uma sequência numérica de 15 dígitos que pode ser verificada tanto na caixa do aparelho como na nota fiscal. Outra forma rápida de consegui-la é discando para o número *#06# no próprio celular. Depois, é só anotar e realizar o cadastro no programa Alerta Celular.

 



Comentários

Últimas notícias