SEGURANÇA PÚBLICA

Após um mês de formatura, novos delegados, médicos e auxiliares de perito não foram nomeados em Pernambuco

Ao todo, 146 profissionais aguardam uma resposta do governo do Estado sobre o assunto

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 23/01/2022 às 19:30
Hélia Scheppa/SEI
PRIORIDADE Governo diz que os 60 novos delegados, formados em dezembro, vão investigar homicídios - FOTO: Hélia Scheppa/SEI
Leitura:

Após mais de um mês da formatura, 60 novos delegados da Polícia Civil, 41 médicos legistas e 45 auxiliares de perito (ambos da Polícia Científica) ainda guardam uma resposta do governo de Pernambuco sobre quando serão nomeados e poderão começar a trabalhar em suas funções. O atraso tem chamado a atenção e preocupado os novos servidores. Nas redes sociais, páginas criadas por eles fazem postagens quase diárias cobrando um posicionamento. 

A formatura dos 60 concluintes do curso de formação de delegados ocorreu em 13 de dezembro de 2021, no auditório da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), na Ilha Joana Bezerra, área central do Recife. O grupo é oriundo do concurso público realizado em 2016.

A promessa é de que eles vão reforçar as investigações de homicídios, com o incremento de delegados no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e nas unidades das Diretorias do Interior 1 e 2.

Há um déficit grande de delegados no Estado. Cerca de 30% das delegacias estão sem titulares, como a coluna Ronda JC abordou recentemente. 

Já os médicos legistas e auxiliares de peritos se formaram no dia 14 de dezembro. A promessa, na ocasião, foi a de que eles dariam inicio às atividades ainda neste mês de janeiro, passando a atuar nas unidades do Instituto de Medicina Legal (IML) e Instituto de Criminalística (IC). 

SEM PRAZO?

A coluna procurou a Secretaria de Defesa Social (SDS). Mas a assessoria de imprensa da pasta não informou a data que os novos profissionais da segurança serão nomeados e poderão, de fato, começar a trabalhar. 

"A Secretaria de Defesa Social informa que está no planejamento da segurança realizar, o mais breve possível, a nomeação de novos policiais. Importante ressaltar que, desde 2015, o Governo de Pernambuco já nomeou quase 7 mil servidores para a segurança pública. Foram mais de 4.700 novos policiais militares convocados para as fileiras da PMPE, entre praças e oficiais. E mais de 2.200 profissionais convocados para ingressar nas Polícias Civil e Científica, assim como no Corpo de Bombeiros Militar", disse a nota. 

POLÍCIA MILITAR

Na próxima quarta-feira (26), acontecerá a cerimônia de formatura dos novos soldados da Polícia Militar de Pernambuco. Ao todo, 740 novos integrantes na corporação. A cerimônia dos praças, restrita por causa da pandemia da covid-19, será realizada no Quartel do Comando Geral (QCG), no Derby, área central do Recife, a partir das 8h. 

 

Comentários

Últimas notícias