QUEDA

Em Pernambuco, média móvel de mortes por coronavírus cai 32%

A tendência de baixa começou nessa quarta (7), quando houve queda de 18%. Antes disso, desde o dia 23 de setembro, o Estado apresentava estabilidade nos dados de mortes

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 08/10/2020 às 12:46 | Atualizado em 09/10/2020 às 12:23
WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Pernambuco totaliza 151.736 casos confirmados da doença - FOTO: WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Leitura:

Com a soma de oito novo óbitos registrados nesta quinta-feira (8), Pernambuco apresenta queda de 32% no número de mortes pela covid-19 em relação aos últimos 14 dias, com média móvel de 15 mortes por semana. A tendência de baixa começou nessa quarta (7), quando houve queda de 18%. Antes disso, desde o dia 23 de setembro, o Estado apresentava estabilidade nos dados de mortes, com exceção do dia 4 de outubro, quando teve alta de 16%. As análises são feitas com base nos dados epidemiológicos enviados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Dos oito óbitos foram confirmados hoje, um ocorreu em 26 de maio; três ocorreram entre os dias 09 e 20 de setembro; e quatro foram registradas neste mês de outubro, sendo duas no dia 6, uma no dia 4 e uma em 3 de outubro. Com isso, o Estado totaliza 8.387 óbitos pela covid-19.

Entre os dias 10 e 22 de setembro, a quantidade de óbitos se manteve estável ou em alta, o que pode ser explicado por, no dia 3 de setembro, a Secretaria Estadual de Saúde ter retirado 229 casos graves e 65 mortes pela covid-19 da contabilização total, o que alterou as médias móveis anteriores para baixo e, consequentemente, implica em uma tendência de alta posterior.

A média móvel é uma análise que soma os números de casos de um dia com os dos seis dias anteriores, dividindo o resultado por sete. O resultado reúne a influência de todos os dias da semana e pode ser atualizado diariamente. É uma forma de fazer um retrato da semana para diluir o represamento de notificações de covid-19 que geralmente ocorre nos fins de semana. Só é considerada que a média móvel esteve em queda ou em alta quando esta variável passa de 15%, seja o percentual negativo ou positivo. Caso não atinja, é tida como estável.

É o caso da média móvel de infectados que, nesta quinta, apresentou estabilidade de -4%. No recente boletim foram apresentados 597 novos casos em Pernambuco, sendo 24 (4%) de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 573 (96%) leves. A média semanal está em 552 casos registrados. O Estado segue, há 33 dias, em queda ou em estabilidade, em maior sequência positiva desde o início da pandemia. Assim, a última vez que o dado esteve em alta foi no dia 5 de setembro, quando a média móvel registrou 26% de aumento no número de infectados. Agora, Pernambuco totaliza 151.736 casos confirmados da doença.

MÉDIA MÓVEL DE MORTES

Made with Flourish

MÉDIA MÓVEL DE CASOS

Comentários

Últimas notícias