COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Com alta da covid-19, Pernambuco volta a abrir mais 77 leitos de UTI e enfermaria

Ainda segundo o secretário André Longo, nos próximos dias, serão disponibilizados mais outros 30 leitos, totalizando 107 vagas para os pacientes com sintomas da covid-19

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 12/11/2020 às 18:22
Notícia
ANDRÉA RÊGO BARROS/DIVULGAÇÃO PCR
ESPAÇO Hospital Evangélico, no bairro da Torre, volta a ter leitos para casos suspeitos ou confirmados. Estão disponíveis 17 de enfermaria e 10 de UTI - FOTO: ANDRÉA RÊGO BARROS/DIVULGAÇÃO PCR
Leitura:

Vinte dias após médicos relatarem ao JC uma percepção de aumento nos atendimentos a pessoas que chegam a hospitais privados e consultórios com sintomas sugestivos do novo coronavírus, o governo de Pernambuco anuncia que volta a abrir mais de cem novos leitos de terapia intensiva (UTI) e enfermaria para pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19. Em outubro, as autoridades sanitárias do Estado não reconheciam o incremento de casos da doença nas redes privada e pública, mas passaram a admitir, dia após dia, um novo peso da pandemia nas emergências e na assistência hospitalar, cuja pressão começou a ser sinalizada na elevação das taxas de ocupação dos leitos dedicados à síndrome respiratória aguda grave (srag).

Esse novo cenário epidemiológico levou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, a anunciar, nesta quinta-feira (12), que já estão abertas mais 77 vagas voltadas a pacientes com sintomas de covid-19 na rede pública. Desse total, 40 são de UTI e 37 de enfermaria. "É fato que, nos últimos 15 dias, tivemos essa flutuação (nos registros de casos). Isso teve impacto na regulação de leitos para casos de srag, com aumento de 1,6% na semana epidemiológica 45, em relação à 44, e de 12% quando comparamos a 44 com a 43. Também é fato que tem sido noticiado, na rede privada, maior procura de casos nas emergências", disse André Longo nesta quinta-feira, em coletiva de imprensa transmitida pela internet. Ele salientou ainda que houve "mobilização na central de regulação de leitos do Estado e um movimento para cima na taxa de ocupação, que alcançou 80% em UTI, em especial na Região Metropolitana do Recife. Também constatamos uma maior pressão nos leitos de enfermarias".

Dessa maneira, o secretário explicou que, com índices baixos (de casos da covid-19) e menor disponibilidade de leitos após desmobilização por causa da baixa demanda, variações (em maior incremento nas notificações de doentes) influenciam as taxas de ocupação. "Qualquer flutuação desses dados (de vagas hospitalares), que foi em torno de 12% a 14% ao longo de 15 dias, leva a um impacto nos índices. Como já tinha dito anteriormente, o nosso plano prevê o desbloqueio e a ativação de leitos, caso se sustente um percentual de 80% (na ocupação de UTI) por alguns dias."

As 77 vagas já abertas estão distribuídas no Hospital Maria Vitória, em Areias, e no Evangélico, na Torre (ambos os bairros ficam na Zona Oeste do Recife). "Fizemos isso sem precisar avançar sobre os leitos que foram reconvertidos para tratar casos não relacionados à covid-19. E nos próximos dias, vamos disponibilizar mais outros 30 leitos, totalizando 107 vagas para os pacientes", destacou Longo. Ele acrescentou que esse incremento deve levar a taxa de ocupação dos leitos a patamares menores. "Mas, se houver aumento continuado, será possível fazer a reabertura de mais vagas." Do total de 107 leitos, o Hospital Maria Vitória totaliza 50 vagas (30 de UTI e 20 de enfermaria), e o Evangélico soma 27 vagas (17 de enfermaria e 10 de UTI). Nos próximos dias, serão disponibilizados ainda 20 leitos de UTI e 10 de enfermaria no Hospital de Referência à Covid-19 - Boa Viagem (antigo Alfa), na Zona Sul do Recife.

No pico da pandemia, o Sistema Único de Saúde (SUS) em Pernambuco contou com 3.171 leitos (1.245 de terapia intensiva e 1.926 de enfermaria) para pacientes com suspeita ou confirmação da infecção pelo novo coronavírus, somando vagas abertas pelo Governo de Pernambuco e Prefeitura do Recife. "Ao longo desses meses, com redução da demanda e para evitar ociosidade, tivemos desmobilização de 1.500 leitos, que foram bloqueados ou desmobilizados em definitivo", alegou Longo. Com a entrada das 77 novas vagas ontem, a ocupação média dos 1.692 leitos dedicados a casos suspeitos e confirmados da covid-19 em Pernambuco está em 60%, sendo 74% de UTI (822 vagas) e de 46% de enfermaria (870).

Eleições

O secretário aproveitou a coletiva de imprensa para reforçar que a população siga todas as medidas de higiene e segurança durante as eleições municipais deste domingo (15). "O Tribunal Regional Eleitoral tem atuado de forma muito altiva e correta para que tenhamos um pleito tranquilo e seguro, mas convoco o apoio de todos. Use máscara corretamente, higienize as mãos com álcool em gel, antes e depois do uso da urna eletrônica, leve sua própria caneta e mantenha o distanciamento indicado", destacou André Longo. O TRE também solicita que, das 7h até as 10h, compareçam para votação apenas idosos e pessoas de grupos de risco da covid-19. "Tomem todos os cuidados necessários para não ser um agente de propagação do novo coronavírus neste momento tão importante para a democracia em nosso País", sublinhou.

Comentários

Últimas notícias