SAÚDE

"Segurança a mais para continuar jornada", diz profissional da linha de frente ao tomar 2ª dose de vacina no Recife

Segunda dose de vacina contra o coronavírus está disponível para profissionais da saúde da linha de frente no combate à pandemia no Recife

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 09/02/2021 às 11:57
Notícia
REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Técnico em radiologia Luís André garantiu a dose complementar no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, Zona Oeste do Recife - FOTO: REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Leitura:

Com informações da repórter Juliana Oliveira, da TV Jornal

A segunda dose da vacina contra o coronavírus já está disponível para os trabalhadores da saúde da linha de frente do Recife. Nesta terça-feira (9), por volta das 8h30, o técnico em radiologia Luís André já garantiu a dose complementar. Para ele, que esteve cara a cara com as mortes causadas pela pandemia, é um alívio receber o imunizante, e representa a segurança que precisa para continuar trabalhando nas unidades de saúde.

"[Estou] com sensação de alívio, uma segurança a mais para continuar a jornada. Estamos chegando à segunda dose, devido a tudo que a gente vivenciou nesse tempo, do ano passado para cá, foram muitas perdas, ficamos muito tensos. A gente que trabalha na linha de frente presencia as pessoas que superam e as que não conseguem superar", conta.

Ao contrário da primeira etapa, onde equipes volantes percorriam unidades de saúde para imunizar os profissionais, agora é necessário agendar o local, dia e horário pelo site da prefeitura ou pelo aplicativo Conecta Recife, e se dirigir aos pontos fixos ou aos locais de drive-thru. É importante ressaltar que, para receber a dose, também é preciso comprovar a primeira vacinação.

"Os profissionais da linha de frente que receberam a primeira dose há 21 dias poderão fazer o seu cadastro e agendamento no site ou aplicativo do Conecta Recife, inserir a documentação para receber a segunda dose. É imprescindível que eles tragam o cartão de vacinação para receber a segunda dose", alerta Andreza Barkokebas, secretária executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde do Recife.

Equipes da prefeitura continuam indo até idosos que vivem em instituições de longa permanência e pessoas com mais de 18 anos com deficiência severa que moram em residências inclusivas. Ambos os grupos também já receberam a primeira dose.

Ampliação da campanha

Além dos profissionais da linha de frente, o calendário de vacinação será ampliado para os trabalhadores acima dos 60 anos de idade de qualquer setor da saúde e que atue no município. A marcação começa nesta quarta-feira (10). Para este grupo, serão utilizadas as 34 mil doses da CoronaVac que chegaram à capital pernambucana no último domingo (7).

A partir de agora, a ampliação vai acontecer de acordo com a faixa etária desses profissionais, e não por setores, como estava sendo feito. Para as profissões que possuem conselho, basta apresentar a carteira funcional. Já os trabalhadores cuja categoria não seja regulamentada por conselho terão de apresentar a declaração.

"Os autônomos podem inserir seu conselho profissional no Conecta Recife. No ato da imunização, vão assinar uma declaração confirmando as informações que inseriram no conecta recife; isso faz com que a gente tenha uma vacinação mais segura, garantindo que o grupo prioritário seja contemplado", afirma Barkokebas. 

A Prefeitura do Recife aguarda novas doses para divulgar a imunização de novos grupos prioritários. Até o domingo (7), última vez em que o Vacinômetro, plataforma da gestão municipal, foi atualizado, 37.434 recifenses já tinham sido vacinados.

 

Comentários

Últimas notícias