COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Covid-19: em Pernambuco, trabalhadores de saúde da rede estadual não começaram a receber a segunda dose da vacina

Passados 22 dias do início da campanha de vacinação contra a covid-19, Pernambuco ainda não definiu o cronograma para completar o esquema de imunização dos funcionários de serviços ligados ao Estado

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 09/02/2021 às 17:47
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
A estimativa é que, na próxima etapa, as das comorbidades, 615.733 indivíduos recebam as aplicações de vacina em Pernambuco - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

atualizada às 22h26

Em Pernambuco, parte dos trabalhadores de saúde da rede estadual completa, nesta terça-feira (9), o 22º dia da aplicação da primeira dose da vacina CoronaVac, cuja segunda dose ficou para ser aplicada até o 28º dia depois da dose inicial, segundo orientou o Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19. Diferentemente de boa parte das gestões municipais, que já iniciaram o agendamento e a segunda aplicação do imunizante dos profissionais, Pernambuco ainda não definiu o cronograma para completar o esquema de vacinação contra a covid-19 dos funcionários de serviços ligados ao Estado. 

>> Saiba quantas doses da 3ª remessa da vacina CoronaVac cada cidade de Pernambuco vai receber

>> Guia da vacinação contra a covid-19: tire as suas dúvidas

Em nota enviada à reportagem do JC, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) alegou que está dentro do prazo para aplicação da segunda dose da CoronaVac. "Os profissionais da rede estadual que foram imunizados com a primeira dose da vacina contra a covid-19, nos serviços ligados ao órgão, também receberão a segunda na mesma unidade. A SES, juntamente com os gestores das unidades, está organizando o cronograma, que será publicizado pelos respectivos serviços estaduais", destacou. A secretaria ainda acrescentou que a segunda dose pode ser aplicada em até 28 dias após a primeira. "Com isso, todas as unidades da rede farão a nova aplicação do imunizante em tempo oportuno."

O prazo para parte desses profissionais receber a segunda dose do imunizante termina na próxima segunda-feira (15). Por isso, esses trabalhadores estão preocupados com o curto tempo para completar o esquema vacinal contra a covid-19. "Pode até haver ainda um tempo para a aplicação da segunda dose, mas vai deixar acumular quem já poderia estar sendo imunizado? Vai deixar tudo para a última hora?", questiona a técnica de enfermagem Ana Carolina da Silva, 44 anos, do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), referência no atendimento aos pacientes com quadros da infecção pelo novo coronavírus. 

Foi no Huoc que, em 18 de janeiro, foi vacinada a técnica de enfermagem Perpétua do Socorro Barbosa dos Santos, 52 anos - a primeira pernambucana a receber a dose contra a covid-19 em Pernambuco. Naquela ocasião, outros dez profissionais também foram imunizados e, no dia seguinte, a campanha foi ampliada para alcançar mais trabalhadores de saúde da linha de frente do combate ao novo coronavírus em todo o Estado. "É inadmissível nós, profissionais de um serviço de referência, ainda não termos um cronograma para receber a segunda dose da vacina. O calendário que recebemos não está sendo cumprido. Era para o Estado ter começado ontem (dia 8) a fazer a segunda aplicação da CoronaVac", acrescentou. 

De acordo com a atualização divulgada pela SES na noite desta terça-feira (9), Pernambuco aplicou 207.064 doses da vacina contra a covid-19, das quais 199.604 foram primeiras doses. Ao todo, foi feita a aplicação inicial em 110.010 trabalhadores de saúde. Na segunda-feira (8), a SES ressaltou, em nota, que, "nestas primeiras semanas de início da vacinação contra a covid-19, Pernambuco vem, mais uma vez, mostrando sua expertise na imunização da população. Dadas as condições de fornecimento de insumos, Pernambuco já provou sua agilidade na aplicação das vacinas". Além disso, a secretaria explicou que "as gestões estadual e municipais se deparam com um quantitativo de doses encaminhadas pelo Ministério da Saúde (MS) aquém do total das populações prioritárias. Contudo, por meio de pactuações na Comissão Intergestores Bipartite e no Comitê técnico-científico, a SES tem discutido a ordem de priorização e as estratégias para otimizar o uso do insumo". 

Nesta terça-feira (9), o Recife abriu o agendamento para que trabalhadores da saúde da linha de frente da pandemia marquem o dia, horário e local para receber a segunda dose da vacina contra a covid-19. Alguns já foram, pela manhã, aos pontos de vacinação para garantir essa dose complementar. Foi o caso do técnico em radiologia Luís André, que garantiu a segunda aplicação. Para ele, foi um alívio finalizar o esquema de proteção contra o novo coronavírus. "Estou com sensação de alívio, uma segurança a mais para continuar a jornada. Estamos chegando à segunda dose, devido a tudo que a gente vivenciou nesse tempo, do ano passado para cá, foram muitas perdas, ficamos muito tensos. A gente que trabalha na linha de frente presencia as pessoas que superam e as que não conseguem superar", contou. 

Na capital pernambucana, diferentemente da primeira etapa, em que as equipes volantes da Secretaria Municipal de Saúde passavam pelas unidades de saúde, agora os profissionais terão que agendar e se dirigir a um dos nove centros de vacinação ou a um dos cinco pontos de drive-thru para receber a dose complementar. Os trabalhadores devem realizar o agendamento através do Conecta Recife conectarecife.recife.pe.gov.br ou do aplicativo disponível para Android e iOS. Além da marcação, eles terão de apresentar, no dia da vacinação, o comprovante de que tomou a primeira dose do imunizante. 

Balanço de vacinados em Pernambuco

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), já foram aplicadas 207.064 doses da vacina contra a covid-19, das quais 199.604 foram primeiras doses do imunizante. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 110.010 dos trabalhadores de saúde, 61.023 idosos a partir dos 85 anos, 23.219 da população indígena, 4.712 em idosos que estão em Instituições de Longa Permanência e em 648 pessoas com deficiência institucionalizadas.

NE10
NE10 - FOTO:NE10
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Até a segunda-feira (5), Pernambuco aplicou 1.170.481 doses de vacinas contra a covid-19, das quais 910.871 foram primeiras doses, segundo a Secretaria Estadual de Saúde - FOTO:FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
O Recife começa a vacinar idosos a partir de 64 anos nesta terça-feira (23) - FOTO:TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias