PANDEMIA

Pernambuco instala contêineres para abrigar leitos de UTI de covid-19 em hospital referência em Olinda

A Maternidade Brites de Albuquerque é referência no tratamento de pacientes infectados ou com suspeita da doença

JC
JC
Publicado em 17/03/2021 às 15:39
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Atualmente, a unidade conta com 100 leitos - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 21h03

Para ampliar a rede pública de assistência aos pacientes com casos suspeitos e confirmados da covid-19, que enfrenta alta taxa de ocupação, a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) instalou contêineres, nesta quarta-feira (17), que vão abrigar leitos provisórios de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Maternidade Brites de Albuquerque, em Olinda, no Grande Recife. A unidade de saúde é referência no tratamento à doença. A expectativa é que o espaço comece a funcionar até a próxima semana. 

>> Recife abre 12 novos leitos de UTI para a covid-19; total chega a 202

>> Enfrentando alta taxa de ocupação dos hospitais do Estado, Pernambuco contrata leitos de covid-19 na Bahia

>> Atendimento infantil da Policlínica Barros Lima, no Recife, é transferido para ampliar leitos exclusivos da covid-19

Segundo a secretaria, atualmente, a maternidade conta com 50 leitos de enfermaria e 50 leitos de UTI. 

>> Com mais 2.245 casos confirmados, Pernambuco tem quarto dia com maior número de registros desde início da pandemia

>> Pernambuco suspende cirurgias e procedimentos eletivos que demandem internação

>> Mais 198 mil doses de vacina contra covid-19 chegam a Pernambuco 

O coordenador da maternidade, Eud Johnson, disse que serão 20 novos leitos de terapia intensiva, instalados até a próxima semana.

"Mas não adianta eu ampliar o quantitativo de leitos se a gente não tem apoio da população. Precisamos que todos façam a sua parte. Então, eu faço um apelo para que todos nos ajudem a passar por essa pandemia. Usem máscara, mantenham o distanciamento social. Cada um precisa fazer a sua parte porque não podemos ficar ampliando leitos toda semana. Precisamos da ajuda de todos para vencer a pandemia que assola todo o mundo", explicou. 

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A SES-PE não informou quando os novos leitos estarão em funcionamento - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A SES-PE não informou quando os novos leitos estarão em funcionamento - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A Rede Estadual de Saúde conta com mais de dois mil leitos para atender pacientes com a covid-19 - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A Rede Estadual de Saúde conta com mais de dois mil leitos para atender pacientes com a covid-19 - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela SES-PE nesta quarta-feira, a taxa média de ocupação na Central Estadual de Regulação Hospitalar está em 90%. Na rede privada, a ocupação média é de 80%. 

Novos leitos abertos no Estado

Dez leitos de terapia intensiva pediátricos passaram a funcionar no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no bairro da Boa Vista, área central do Recife, nessa terça-feira (16). Com isso, a unidade soma 30 vagas de UTI, sendo 20 neonatais e dez pediátricas.

Também foram abertos seis leitos de UTI adulto no Hospital do Tricentenário, em Olinda, quatro no Cesac Prado, no Recife, três no Vale do Una, em Palmares, dez no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, no Recife, e oito no Neurocárdio, em Petrolina.

Segundo a SES-PE, até esta quarta-feira, a Rede Estadual de Saúde conta com um total de 2.362 leitos, sendo 1.265 de UTI, exclusivos para atender pacientes suspeitos ou confirmados da covid-19.

Comentários

Últimas notícias