COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Em véspera de mudanças no plano de convivência com a covid-19, Pernambuco tem 1.156 novos casos; total é de 519.577 confirmações

Também foram confirmados laboratorialmente 48 novos óbitos, o que faz o Estado totalizar 16.828 pessoas que morreram em decorrência da doença

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 13/06/2021 às 19:08
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
No Recife, Pernambuco administra centros de testagem para detecção do novo coronavírus - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Neste domingo (13), véspera de mudanças no plano de convivência com a covid-19 em Pernambuco, foram registrados 1.156 casos da doença: 115 (10%) graves e 1.041 (90%) leves. Agora, Pernambuco totaliza 519.577 casos confirmados da infecção, sendo 47.448 graves e 472.129 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Leia também: "Quanto recalque, ministro", diz Doria após Marcelo Queiroga reivindicar créditos sobre avanço da vacinação contra covid-19 em São Paulo

Também foram confirmados laboratorialmente 48 novos óbitos (28 homens e 20 mulheres), ocorridos entre os dias 6 de abril e 12 de junho deste ano. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Alagoinha (1), Barra de Guabiraba (1), Belo Jardim (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Caetés (1), Camaragibe (1), Camutanga (1), Caruaru (7), Casinhas (1), Custódia (1), Feira Nova (1), Flores (1), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (7), Olinda (1), Passira (1), Petrolina (1), Recife (12), Riacho das Almas (1), Ribeirão (1), Salgueiro (1), São José do Egito (1), São Lourenço da Mata (2) e Toritama (1). Com isso, o Estado totaliza 16.828 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 29 e 91 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (10), 50 a 59 (12), 60 a 69 (11), 70 a 79 (6), 80 ou mais (7). Do total, 34 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (17), diabetes (14), obesidade (8), hipertensão (7), doença renal (4), tabagismo/histórico de tabagismo (3), doença neurológica (2), etilismo/histórico de etilismo (2), doença hepática (1), doença de Alzheimer (1) e acidente vascular cerebral (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Além disso, o boletim registra um total de 432.119 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.036 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 405.083 eram casos leves.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 30.026 casos foram confirmados e 52.340 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. 

Comentários

Últimas notícias