COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Pernambuco confirma mais 1.815 casos e 56 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas; agora já são 581.594 infectados e 18.444 óbitos

Entre os casos desta quarta-feira (21), 113 (6%) são casos de síndrome respiratória aguda grave (srag)

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 21/07/2021 às 13:09
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Pernambuco totaliza 581.594 casos confirmados da covid-19 - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) confirma, nesta quarta-feira (21), 1.815 novos casos de covid-19. Entre eles, 113 (6%) são casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e 1.702 (94%) são leves. Agora, o Estado totaliza 581.594 casos confirmados da doença, sendo 51.370 graves e 530.224 leves.

Também foram confirmados, nas últimas 24 horas, 56 óbitos, ocorridos entre 13 de dezembro de 2020 e 20 de julho de 2021. Com isso, o Estado totaliza 18.444 mortes pela covid-19.

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela SES. 

Balanço da vacinação

Pernambuco já aplicou 5.291.426 doses de vacinas contra a covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado. Desse total, 1.435.713 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, sendo 1.275.404 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 160.309 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às primeiras doses, foram 3.855.713 aplicações. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 314.645 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 43.710 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 674.445 idosos de 60 a 69 anos; 603.128 idosos de 70 e mais; 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 408.621 pessoas com comorbidades; 33.263 pessoas com deficiência permanente; 62.922 gestantes e puérperas; 358.165 trabalhadores de serviços essenciais; 1.567 pessoas em situação de rua; 25.308 pessoas privadas de liberdade, além de 1.293.703 pessoas de 18 a 59 anos.

Sobre as segundas doses, já foram beneficiados 236.675 trabalhadores de saúde; 25.804 povos indígenas aldeados; 31.779 em comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 427.339 idosos de 60 a 69 anos; 509.792 idosos de 70 anos e mais; 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 30.696 pessoas com comorbidades; 594 pessoas com deficiência permanente; 5.591 trabalhadores de serviços essenciais; totalizando 1.275.404 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 1.881 idosos de 60 a 69 anos; 401 idosos de 70 anos e mais; 1.594 pessoas com comorbidades; 295 pessoas com deficiência permanente; 11.172 trabalhadores de serviços essenciais; 632 pessoas em situação de rua, além de 144.134 pessoas de 18 a 59 anos.

Comentários

Últimas notícias