Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

MATO GROSSO DO SUL

Bonito e seguro: saiba como estão os passeios na joia do Mato Grosso do Sul durante a pandemia

A cidade, que é um dos principais destinos do ecoturismo do Brasil, vem ganhando reconhecimento pelos protocolos de prevenção à Covid-19.

Leonardo Vasconcelos
Cadastrado por
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 24/10/2021 às 8:00 | Atualizado em 21/12/2021 às 14:09
Flávio André de Souza / Secretaria de Turismo de Bonito / Divulgação
A flutuação nos rios é um dos principais atividades que podem ser realizadas em Bonito. - FOTO: Flávio André de Souza / Secretaria de Turismo de Bonito / Divulgação
Leitura:

Bonito e seguro. Esta é a melhor forma de definir como se encontra um dos principais destinos do ecoturismo do Brasil no Mato Grosso do Sul na reabertura após o início da pandemia. Que a pequena cidade localizada a cerca de 300 km da capital Campo Grande faz jus ao nome não é novidade. O reconhecido (e comemorado) fato novo diz respeito aos protocolos implantados de prevenção à Covid-19 que conferiram ao município selos de segurança de instituições nacionais e internacionais (veja abaixo vídeos das atrações).

A Coluna Turismo de Valor foi até o local e fez os principais passeios do lugar, comprovando não apenas a tão famosa beleza, mas também os cuidados sanitários com os turistas que voltaram em peso após a liberação dos passeios, claro, seguindo todas as normas necessárias. Bonito foi uma das primeiras cidades do Brasil a conquistar o selo internacional de turismo seguro “Safe Travels”, dado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) após a implementação de medidas de biossegurança preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Ela também recebeu o selo “Turismo Responsável” do Ministério do Turismo.

“Tivemos esse reconhecimento internacional dos protocolos adotados aqui o que mostra que somos referência em ecoturismo e em segurança também. Trabalhamos firmemente na retomada da visitação à cidade que conta com uma oferta diferenciada de atrativos naturais como cachoeiras, grutas, rios, etc. Importante ressaltar que retornamos com todos os protocolos exigidos para que os visitantes possam desfrutar de nossas belezas tranquilos”, afirmou a secretária de turismo de Bonito Juliane Salvadori.

Depois de mais de quatro meses fechado por conta da pandemia, Bonito foi reaberto para o turismo em julho de 2020 e desde então vem seguindo rígidos protocolos de biossegurança. A limitação de pessoas por passeio já era praticada antes mesmo da pandemia, mas agora a preocupação para não gerar aglomerações está ainda maior. Vale destacar que cidade há vários anos utiliza o chamado “voucher único” para todas as atrações, um sistema compartilhado pelas agências turísticas em que o visitante só consegue acesso aos locais agendando previamente data e horário, o que naturalmente ajuda a organizar o fluxo de pessoas.

A empresária e estilista Katiúcia Erica, de Belo Horizonte, em Minas Gerais, visitou a cidade em agosto deste ano e se impressionou em todos os sentidos. “É um lugar realmente bonito que faz por merecer a fama que tem e também gostei de ver os cuidados com os protocolos nos passeios, tudo muito organizado, com dia e horário marcados”, elogiou Katiucia.

Bonito conta com cerca de 50 passeios credenciados dos mais diferentes tipos. Eles são realizados em contato com a natureza, em espaços abertos, o que é um fator a mais de atração em tempos de Covid-19. E com o avanço da vacinação no Brasil cada vez mais pessoas estão indo conhecer ou retornar à joia do turismo sul-mato-grossense. 

Confira agora as principais atrações de Bonito

Rio Sucuri: 

Lagoa Misteriosa:

Praia da Figueira:

Ecopark Porto da Ilha:

Estância Mimosa:

Balneário municipal:

Gruta Lago Azul:

Encontro com a sucuri gigante "Vovózona" durante rafting

O rafting é um esporte que naturalmente envolve adrenalina. Tecnicamente é uma descida de grupos em corredeiras utilizando botes infláveis. Só que a atividade no Rio Formoso, em Bonito, conta com uma adrenalina maior, mais precisamente 6 metros. Este é o tamanho das sucuris que costumam aparecer no caminho dos aventureiros e, por incrível que pareça, em vez de espantar, as cobras gigantes atraem ainda mais turistas curiosos (ou loucos?) para o local. Algumas como a famosa Vovózona já viraram até celebridade na cidade de tanto que aparecem nos vídeos do rafting.

Comentários

Últimas notícias