Receita

No Dia do Brigadeiro, veja como fazer esse doce de forma saudável e saborosa

Trocar alguns ingredientes pode ser o pulo do gato do brigadeiro fit

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 10/09/2021 às 6:30
Foto: Igo Bione/JC Imagem
O brigadeiro é uma sobremesa tipicamente brasileira - FOTO: Foto: Igo Bione/JC Imagem
Leitura:

Huuuummm! Só de pensar em brigadeiro já dá água na boca. Se você também é assim, vai ficar feliz em saber que nesta sexta-feira, 10 de setembro, é celebrado o Dia do Brigadeiro. Símbolo da confeitaria brasileira, o doce pode ser atração principal ou complemento em vários preparos, mas também um vilão na dietas. Sendo assim, trocar alguns ingredientes pode ser uma boa saída para seguir degustando essa iguaria achocolatada, mas seguir minimamente o caminho da vida fit.

Se você não quiser mudar muito a receita, mas quer investir numa versão mais saudável, basta trocar o achocolatado por cacau, usar leite condensado light e manteiga ao invés de margarina. Outra opção seria abolir a gordura da manteira e usar apenas o leite condensado comum (que já tem gordura) e o cacau em pó, mas pode ficar um pouco mais amargo e difícil de enrolar. Nada que comer de colher não resolva!

A boa notícia é que mesmo que você não queira mudar nada na receita, não precisa se martirizar por comer um brigadeiro tradicional. Estima-se que um docinho pese cerca de 30 grama e tenha 80 calorias. Ou seja, comer um ou dois não vai quebrar tanto a rotina da dieta. Só não dá pra fazer isso um hábito. Outra dica é consumir o brigadeiro depois do almoço, já que os nutrientes ingeridos na refeição reduzem impacto do doce na insulina.

Foto: Igo Bione/JC Imagem
Brigadeiro gourmet - Foto: Igo Bione/JC Imagem

Brigadeiro funcional

Para quem está fugindo de uma quantidade alta de açúcar e carboidratos, a versão mais leve do docinho se apresenta sem glúten e sem lactose. Com base de biomassa de banana, cacau em pó e manteiga ghee, a receita integra o Cardápio Fit, elaborado pelo chef Rodrigo Nappi do restaurante 300 Cosmo Dining Room, de São Paulo, em parceria com o pessoal da Kurotel — Centro Médico de Longevidade e Spa.

Ingredientes:
– 3 xícaras de biomassa de banana verde (temperatura ambiente)
– 4 colheres de sopa rasas de cacau em pó
– 6 colheres de sopa rasas de açúcar mascavo
– 2 colheres de sopa de manteiga ghee (ou óleo de coco)
– 4 colheres de sopa de arroz em pó
– Cacau em pó ou chocolate 70% de cacau em lascas ou lâminas de castanha para decorar

Modo de preparo:
– Misture todos os ingredientes em uma panela e só depois leve ao fogo brando, mexendo sempre até formar um composto liso e homogêneo.
– Deixe cozinhar até ficar um ponto bem parecido com brigadeiro convencional.
– Leve à geladeira por 1 hora. Retire e enrole os brigadeiros, passando-os pelas lascas de chocolate ou castanhas.

Origem do Brigadeiro

O brigadeiro é uma sobremesa tipicamente brasileira, mas com sucesso mundial. No entanto, esse doce teve origem em circunstâncias bastante originais. Conta a história que, em 1946, o Brigadeiro Eduardo Gomes era candidato a presidente e a doceira Heloisa Nabuco de Oliveira, que o apoiava fervorosamente, inventou um docinho feito de leite condensado, manteiga e chocolate para arrecadar fundos para a campanha. As pessoas iam nos domicílios arrecadar fundos e aproveitaram para comer o brigadeiro. O sucesso foi tanto que a receita foi passada para frente e hoje é o preferido de muita gente.

Comentários

Últimas notícias