Redes sociais

Eita! Padre Patrick apaga foto sem camisa; mas prints circulam na web

Padre ousou e mostrou o corpão em dia para os seguidores que reagiram

Marília Banholzer
Cadastrado por
Marília Banholzer
Publicado em 12/10/2021 às 17:23 | Atualizado em 12/10/2021 às 17:38
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Padre Patrick faz sucesso na web respondendo caixinha de perguntas das fiéis e suas seguidoras - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

Com quase quatro milhões de seguidores no Instagram, o padre Patrick, conhecido pelo seu bom humor nos conselhos matrimoniais, causou nas redes sociais neste feriadão. Na segunda (11), véspera do Dia de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, o religioso influencer postou uma foto sem camisa com a seguinte legenda: "Aproveitar que hoje é dia de folga e postar esse registro aqui porque me disseram que quanto tá meio flopado tem que postar foto sem camisa".

Ao mostrar o corpo musculoso, os seguidores reagiram e suspiraram pela boa forma do padre, que sempre posta sua rotina de exercícios. “É biscoito ou hóstia?”, disse um. “Padre, não posso cair em tentação”, disse uma fã. “Quem comentar por último é a mulher do padre”, brincou outra.

A imagem teve mais 200 mil curtidas em apenas uma hora. Diante da repercussão, o padre preferiu apagar o registro, que ficou menos de quatro horas no ar.  No entanto, o registro virou print e circula pela web, inclusive na rede social vizinha: o Twitter.

A fama do padre nas redes sociais foi conquistada na pandemia. Às segundas-feiras, dia de folga dos padres, ele abre caixinha de perguntas e responde de forma "sincerona" e bem-humorada. O que nem todos sabem é que a brincadeira começou após um momento difícil, quando Patrick estava tratando uma depressão e fez o canal para conversar com os fiéis.

“No fim de 2019, eu passei por um processo de depressão e demorei para reconhecer que estava doente e pedir ajuda. Fui ao médico, tomei os medicamentos e me recolhi da paróquia. Voltei em março com a intenção de retomar a minha vida, mas veio a pandemia e as missas presenciais foram interrompidas. Comecei a gravar os vídeos para conversar com as pessoas da minha paróquia e foi crescendo”, explicou.

Comentários

Últimas notícias