Despedida

Velório de Marília Mendonça ao vivo: ginásio é aberto ao público; acompanhe

Cantora morreu na sexta-feira (5) em um acidente aéreo

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 06/11/2021 às 13:25 | Atualizado em 06/11/2021 às 16:39
EVARISTO SA / AFP
Velório de Marília Mendonça e do tio Abicieli Silveira Dias são velados no Ginásio Goiânia Arena - FOTO: EVARISTO SA / AFP
Leitura:

Atualizada às 16h40

O velório da cantora Marília Mendonça, que morreu na sexta-feira (5) em acidente aéreo, foi aberto ao público por volta das 13h40 da tarde deste sábado (6). A cerimônia de despedida acontece no Ginásio Goiânia Arena, em Goiás.

Antes da entrada dos fãs, os familiares e amigos mais próximos se despediam da cantora e do tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias, que também estava na aeronave. O público em geral passa por um corredor montado no ginásio com o auxílio de grades, e precisa se despedir rapidamente para que não haja tumultos.

Alguns artistas estão presentes no local, como as cantoras Maiara e Maraísa, Luísa Sonza, a dupla Henrique e Juliano; Matheus da dupla Matheus e Kauan; Jorge da dupla Jorge e Matheus, entre outros. O ex-companheiro e pai do filho de Marília Mendonça, o cantor Murilo Huff, também participa da cerimônia. A mãe de Marília, Ruth Moreira Dias, também estava bastante emocionada.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), marcou presença no velório.

O espaço foi decorado com mais de 60 coroas de flores, enviadas por familiares e amigos. Além disso, foi colocada uma faixa da turnê "Todos os Cantos", com uma foto da cantora.

Acompanhe ao vivo:

A cerimônia de despedida estava prevista para começar às 8h, mas atrasou. Os corpos das vítimas do acidente aéreo foram liberados durante a madrugada pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Minas Gerais. Por volta das 10h40, os corpos chegaram à capital goiana. O aeroporto fica a cerca de 10 quilômetros do ginásio.

O velório começou por volta das 13h para familiares e amigos mais próximos. Às 13h17, o portão principal do ginásio foi aberto para o público em geral, e às 13h40 os fãs foram autorizados a entrar no espaço interno, onde estão os corpos.

Cerca de 100 mil pessoas são esperadas para prestar as últimas homenagens à cantora. Em frente ao ginásio, os fãs cantaram músicas de Marília Mendonça e se emocionam com a tragédia.

EVARISTO SA / AFP
Mãe de Marília Mendonça, Ruth Moreira Dias, em frente ao caixão da filha - EVARISTO SA / AFP
EVARISTO SA / AFP
Velório de Marília Mendonça e do tio Abicieli Silveira Dias são velados no Ginásio Goiânia Arena - EVARISTO SA / AFP
EVARISTO SA / AFP
Coroas de flores chegam para velório de Marília Mendonça - EVARISTO SA / AFP
MAURO PIMENTEL / AFP
Jornais repercutiram morte da cantora Marília Mendonça - MAURO PIMENTEL / AFP
EVARISTO SA / AFP
Fãs foram autorizados a entrar no ginásio para se despedir da cantora - EVARISTO SA / AFP
EVARISTO SA / AFP
Luto: despedida de Marília Mendonça em Goiânia - EVARISTO SA / AFP
EVARISTO SA / AFP
Fãs aguardam para se despedir da cantora Marília Mendonça - EVARISTO SA / AFP
EVARISTO SA / AFP
Fila para o velório de Marília Mendonça em Goiânia - EVARISTO SA / AFP

"Goianos vão poder prestar linda homenagem. Peço calma e respeito à sinalização para que todos possam dar o seu adeus", disse o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

A equipe que trabalhava nos bastidores com Marília Mendonça chegou por volta das 15h ao Ginásio Goiânia Arena. Foi um dos momentos mais emocionantes da cerimônia, quando foi tocada a música "Noites Traiçoeiras" e todos se abraçaram. Marília faria show em Caratinga, no interior de Minas Gerais, onde a equipe a aguardava quando o acidente aconteceu.

Às 16h02, os portões do ginásio foram fechados ao público, e apenas quem já entrou poderá se despedir de Marília no local. Na sequência, Henrique e Juliano e Maiara e Maraísa cantaram músicas em homenagem à cantora.

A Secretaria Municipal de Mobilidade do estado informou que, a partir das 16h30, haverá um cortejo do ginásio ao Cemitério Memorial Parque, onde ela será enterrada, em cerimônia restrita à família. O sepultamento está previsto para 17h30.

O acidente

O acidente aéreo aconteceu no distrito de Piedade de Caratinga, em Caratinga, interior de Minas Gerais, e deixou cinco mortos: Marília Mendonça; o tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias; o produtor Henrique Ribeiro; Geraldo Martins de Medeiros (piloto) e Tarciso Pessoa Viana (copiloto).

O avião, modelo Beech Aircraft, caiu nas pedras de uma cachoeira. Os bombeiros foram acionados às 15h30 para atender a ocorrência. A morte de todos os ocupantes foi confirmada por volta das 17h30.

A Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (Cemig) informou que o avião que transportava a cantora e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia no distrito de Piedade de Caratinga.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão do Comando da Aeronáutica, foi acionado para investigar as causas da queda do avião.

Comentários

Últimas notícias