CARNAVAL

Vai ter Carnaval em 2022? Almir Rouche declara: 'Se tiver 90% ou 100% da população vacinada, eu penso que deve ter'

O artista teve um posicionamento semelhante ao que as autoridades sanitárias declararam sobre o assunto

Bruno Vinicius
Bruno Vinicius
Publicado em 23/11/2021 às 12:38
Notícia
MARCELA CINTRA/PCR
Almir Rouche durante show no Marco Zero no Carnaval do Recife 2020. - FOTO: MARCELA CINTRA/PCR
Leitura:

Em entrevista na Super Manhã com Geraldo Freire, na Rádio Jornal, o cantor pernambucano Almir Rouche declarou ser cauteloso quanto ao Carnaval em 2022. Um dos ícones dos festejos do Momo em Pernambuco e um dos homenageados do Homem da Meia-Noite em 2022, o artista teve um posicionamento semelhante ao que as autoridades sanitárias declararam sobre o assunto.

"Eu penso que é muito cedo para começar a discutir isso. Mas já que botaram em pauta, eu acho que se tivermos segurança sanitária, se o ministério da saúde junto com as secretarias estaduais e municipais se sentirem seguras para fazer o carnaval, se tiver 90% e 100% da população vacinada. Eu, particularmente, já vou tomar minha terceira dose, eu penso que assim a gente deva ter um carnaval para o povo", explicou o cantor.

Almir ainda falou sobre outras possibilidades em realizar o Carnaval, como algo mais virtual - sem precisar aglomerar pessoas por causa da pandemia. "Eu acho que tem outros meios da gente pode fazer um carnaval sem essa possibilidade. Assim como Yves Ribeiro fez o 'Paulistar' no São João passado, através dos meios virtuais, a gente pode fazer também. 

Contratos

Em uma festividade comum, contratos para o Carnaval já estariam sendo realizados nessa época do ano. Mas, segundo Almir, ele preferiu ter mais cautela ao firmar acordos para as festas. "Tem muita coisa apalavrada, mas por medida de segurança a gente só bate o martelo já próximo do final do ano", conta.

Porque teremos uma noção se vamos ter ou não; eu penso que do mesmo jeito que estão fazendo festas privadas exigindo carteira de vacinação, exigindo alguns testes para ver se as pessoas tem ou não, desse jeito dá. A gente precisa ter alguma organização das respectivas da saúde para que os empresários possam se organizar", complementou.

Vai ter Carnaval?

Na última quinta-feira (18), o secretário estadual de Saúde, André Longo, declarou que "não há segurança sanitária" para a realização de eventos que aglomerem muitas pessoas. “Neste momento, ainda é cedo para tomarmos decisões acerca desses eventos, especialmente do Carnaval, que se realiza de forma concomitante - este ano é no final de fevereiro - com o período de sazonalidade de ocorrência de doenças respiratórias. Então, nosso planejamento é independente da realização do Carnaval, nós precisamos chegar em fevereiro com as melhores condições sanitárias possíveis e segurança sanitária”, disse Longo.

Ele explicou, ainda, que tem uma estimativa de que 90% da população esteja vacinada com a segunda dose. Já a população mais vulnerável - aqueles que têm mais de 55 anos, profissionais de saúde ou pessoas com imunodeficiência grave -, há uma expectativa que tenha a terceira dose da vacina contra a doença.

João Campos propõe comitê

No dia seguinte, o prefeito do Recife, João Campos (PSB), afirmou que propôs ao Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), a criação de um comitê para discutir condições sanitárias que permitam a realização do Carnaval em 2022, em meio à pandemia.

"Propus a Eduardo Paes criar um comitê, com as cidades que fazem os maiores carnavais do Brasil, para discutir condições sanitárias que podem balizar a realização segura da maior festa do País. Vou procurar também Bruno Reis, Ricardo Nunes e Alexandre Kalil. Precisamos de unidade", afirmou o socialista nas redes sociais.

Blocos anunciam seus homenageados

Enquanto estados e prefeituras tomam decisões, os grandes blocos tradicionais estão anunciando seus homenageados. O Homem da Meia-Noite, em Olinda, divulgou que terá como tema "Ferver: uma homenagem ao nosso frevo” para o Carnaval 2022. A atração foi divulgada pelo presidente da agremiação, Luiz Adolpho, no dia 16 de novembro.

Já o Galo da Madrugada, considerado o maior bloco do mundo, fará uma coletiva nesta quarta-feira (24). A ocasião mostrará a jornalistas a camisa do próximo desfile e as ações de comemoração ao Centenário de Enéas Freire, que será celebrado em 02 de dezembro.

Comentários

Últimas notícias