Operação

Procon interdita bar em Camaragibe durante fiscalização

Órgão tem feito operações de fiscalização em bares da Região Metropolitana do Recife (RMR) para verificar o cumprimento dos protocolos de prevenção à covid-19 estabelecidos pelo Governo de Pernambuco

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 30/01/2021 às 11:03
Notícia
Divulgação/Procon
Caldinho do Marrom, em Camaragibe, foi interditado por falta de documentação. De acordo com o Procon, o bar já havia sido notificado anteriormente e seguia com irregularidades - FOTO: Divulgação/Procon
Leitura:

O Procon de Pernambuco realizou mais uma operação de fiscalização de bares na noite desta sexta-feira (30) para verificar o cumprimento dos protocolos de prevenção à covid-19 estabelecidos pelo Governo de Pernambuco. Os estabelecimentos fiscalizados desta última operação estão localizados na Zona Norte do Recife e no município de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR), onde o Caldinho do Marrom foi interditado por falta de documentação.

De acordo com o Procon, o bar já havia sido notificado anteriormente e foi constatado que seguia com irregularidades. Além de fiscais do Procon, também integraram a equipe de fiscalização de Camaragibe membros do Conselho Tutelar e da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente do município.

>> Hospedagem, indústria, comércio, bares e restaurantes. Veja como esses setores reagiram ao cancelamento do ponto facultativo do Carnaval

>> Ia viajar para Portugal e teve o voo cancelado? Veja as orientações do Procon para não ter prejuízo

>> Vai cancelar viagem após Pernambuco ter determinado expediente normal no Carnaval? Veja dicas do Procon

Ao todo, foram doze estabelecimentos fiscalizados entre a noite da sexta (29) e a madrugada do sábado (30) nos dois municípios. Um deles foi um posto de combustível no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife, alvo de uma denúncia do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) de que no local há festas com aglomeração e som alto. O estabelecimento, porém, estava fechado quando a equipe esteve no local. 

 

Outro estabelecimento na Rua da Hora, no bairro do Espinheiro, na Zona Norte, também foi visitado. Segundo denúncia de consumidores enviada ao Procon, no local funciona um estacionamento que estaria sendo utilizado como bar e gerando tumultos. Mas quando a fiscalização chegou ao local, o local só funcionava como estacionamento. 

Fiscalizações

O Procon/PE já realizou a fiscalização de 384 bares e restaurantes e interditou 29 durante as operações de prevenção à proliferação do novo coronavírus no estado. 

Na semana passada, foram fiscalizados sete estabelecimentos nos bairros de Casa Forte, Graças, Madalena, Cordeiro, Encruzilhada, no Recife e Águas Compridas, em Olinda. Dois bares do Recife foram interditados por descumprirem os protcolos de prevenção à covid-19: O Liamba/Naipe e a Sala de Reboco

Divulgação/Procon
Fiscalização de bares e restaurantes pelo Procon/PE no dia 29 de janeiro de 2021 - FOTO:Divulgação/Procon
Divulgação/Procon
De acordo com o Procon-PE, os locais que foram interditados estavam descumprindo com o horário de funcionamento - FOTO:Divulgação/Procon
Divulgação/Procon
Fiscalização de bares e restaurantes pelo Procon/PE no dia 29 de janeiro de 2021 - FOTO:Divulgação/Procon
Divulgação/Procon
Fiscalização de bares e restaurantes pelo Procon/PE no dia 29 de janeiro de 2021 - FOTO:Divulgação/Procon
Divulgação/Procon
Fiscalização de bares e restaurantes pelo Procon/PE no dia 29 de janeiro de 2021 - FOTO:Divulgação/Procon
Divulgação/Procon
Fiscalização de bares e restaurantes pelo Procon/PE no dia 29 de janeiro de 2021 - FOTO:Divulgação/Procon

Comentários

Últimas notícias