Preço

Pesquisa da cesta básica: saiba o que aumentou e o que baixou de preço em agosto no Grande Recife

Pesquisa ainda mostra que a diferença de valor em um item pode chegar a 372,30% de um estabelecimento para o outro

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 15/09/2021 às 10:59
Notícia
DIVULGAÇÃO/PROCON
Procon realiza pesquisa sobre valor da cesta básica na Região Metropolitana do Recife - FOTO: DIVULGAÇÃO/PROCON
Leitura:

Pesquisa do Procon Pernambuco demonstra que o valor da cesta básica na Região Metropolitana do Recife (RMR) passou de R$ 545,54 em julho, para R$ 555,78 em agosto, apresentando aumento de 1,88% e um impacto percentual de 50,53% sobre o salário mínimo. (Confira abaixo o comparativo dos menores preços).

Entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal, a equipe do Procon-PE avaliou 27 itens da cesta. Desta vez, apenas 12 produtos tiveram aumento no valor, diferenciando do mês de julho, no qual apresentou o aumento em 19.

A grande vilã do aumento em agosto foi a batata inglesa, que apresentou aumento de 31,75% no quilo. O mantimento custava R$ 1,89, foi para R$ 2,49. A salsicha avulsa também apresentou diferenciação de 8,54% no valor, o quilo do produto era R$ 8,20, e foi para R$ 8,90. O único item que manteve o valor de julho para agosto foi a carne bovina de segunda, um quilo do alimento continua por R$ 19,80.

Por outro lado, 14 dos itens apresentaram uma redução do valor, como o açúcar cristal, que passou de R$ 3,19, para R$ 2,28, uma redução equivalente a 28,53%; a charque de segunda apresentou redução de 5,66%, um quilo do alimento custava em julho R$ 31,79, e em agosto foi para R$ 29,99; já o quilo do frango inteiro foi de R$ 7,99, para R$ 6,99, uma queda de 12,52%. Na parte de limpeza doméstica, o pacote com cinco unidades do sabão em barra saiu de R$ 5,49, para R$ 4,69, trazendo uma redução de 14,57%.

“Orientamos para que todos os pernambucanos utilizem essa ferramenta de pesquisa ao realizar suas compras, pois existem locais que o produto pode ser encontrado com uma diferença no valor de mais de 200%. É preciso analisar para que não prejudique as finanças dos consumidores nesse momento que já está tão difícil”, enfatiza o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Estabelecimentos

A pesquisa também aponta diferença de preço de um estabelecimento para o outro. Um quilo da cebola chega a 254,44%, variando de R$ 1,69 a R$ 5,99. Já o pacote com quatro unidades do papel higiênico em um estabelecimento pode ser encontrado por R$ 1,48 e em outro por R$ 6,99, uma diferença de 372,30%.

O levantamento também é realizado nos municípios de Goiana, Gravatá e Vitória de Santo Antão. É na Zona da Mata, em Vitória, que a cesta básica pode ser encontrada pelo menor valor, por R$ 512,59. O Procon-PE esteve em 24 estabelecimentos da RMR, dez em Goiana, Gravatá e Vitória. A pesquisa completa está disponível no site da SJDH (WWW.SJDH.PE.GOV.BR).

O Procon fiscaliza e busca garantir o cumprimento do Código de Defesa do Consumidor. Mas, não regula preços. No Brasil, existe o livre comércio. O órgão atua quando existe uma majoração de valores, sem um motivo, ou para se aproveitar de um momento específico. Nesses casos haverá atuação do órgão.

Confira abaixo o comparativo dos menores preços encontrados em agosto com os pesquisados no mês de julho de 2021:

Aumento

Agência Brasil
Batata inglesa foi o alimento com maior elevação de preços em agosto, no Recife - Agência Brasil

Batata inglesa Kg - aumento de R$ 1,89 para R$ 2,49; diferença de 31,75%

Lã de aço, pacote com 8 unidades - aumento de R$ 0,85 para R$ 0,99; diferença de 16,47%

Salsicha avulsa Kg - aumento de R$ 8,20 para R$ 8,90; diferença de 8,54%

Água sanitária Litro - aumento de R$ 1,08 para R$ 1,15; diferença de 6,48%

Fubá de milho pacote 500 gramas - aumento de R$ 1,29 para R$ 1,35; diferença de 4,65%

Absorvente higiênico, pacote com 8 unidades - aumento de R$ 1,29 para R$ 1,35; diferença de 4,65%

Margarina 250 gramas - aumento de R$ 1,98 para R$ 2,05; diferença de 3,54%

Ovos brancos tipo grande, 30 unidades - aumento de R$ 12,99 para 13,40; diferença de 3,16%

Café em pó 250 gramas - aumento de R$ 3,49 para R$ 3,59; diferença de 2,87%

Leite em pó integral 200 gramas - aumento de R$ 4,48 para 4,59; diferença de 2,46%

Óleo de soja 900ml - aumento de R$ 7,79 para R$ 7,95; diferença de 2,05%

Feijão mulatinho ou carioca Kg -aumento de R$ 5,69 para R$ 5,79; diferença de 1,76%

Carne bovina de segunda Kg - manteve o preço de R$ 19,80 em julho e agosto.

Queda

Açúcar cristal Kg - queda de R$ 3,19 para R$ 2,28; diferença de -28,53%

Sabão em barra, pacote com 5 unidades - queda de R$ 5,49 para R$ 4,69; diferença de -14,57%

Frango inteiro Kg - queda de R$ 7,99 para R$ 6,99; diferença de -12,52%

Papel higiênico, pacote com 4 unidades - queda de R$1,69 para R$ 1,48; diferença de -12,43%

Cebola Kg - queda de R$ 1,89 para R$ 1,69; diferença de -10,58%

Farinha de mandioca torrada Kg - queda de R$ 2,59 para R$ 2,39; diferença de -7,72%

Alho Kg - queda de R$ 15,90 para R$ 14,80; diferença de -6,92%

Charque de segunda Kg  - queda de R$ 31,79 para R$ 29,99; diferença de -5,66%

Sabonete 90/100gr - queda de R$ 0,79 para R$ 0,75; diferença de-5,06%

Sabão em pó 500 gramas - queda de R$ 1,25 para R$ 1,19; diferença de -4,80%

Creme dental 70/90gramas - queda de R$ 1,25 para R$ 1,19; diferença de -4,80%

Macarrão espaguete Pct. 500 gramas - queda de R$ 2,08 para 1,99; diferença de -4,33%

Arroz Kg - queda de R$ 3,75 para R$3,59; diferença de -4,27%

Biscoito maizena pacote 400 gramas - queda de R$ 3,09 para R$ 2,99; diferença de -3,24%

Comentários

Últimas notícias