Negócios

Fenearte terá posto de vacinação e testagem rápida. Só entra na feira quem tomou as duas doses da vacina da covid-19

Área externa do Centro de Convenções de Pernambuco terá área de vacinação e testagem rápida contra o coronavírus. Para acessar o pavilhão de feiras será necessário estar com vacinação completa. Evento acontece de 10 a 19 de dezembro

Adriana Guarda
Cadastrado por
Adriana Guarda
Publicado em 01/12/2021 às 16:23 | Atualizado em 09/12/2021 às 12:33
Divulgação
RETOMADA Em coletiva de imprensa, representantes do governo de Pernambuco apresentam a volta da Fenearte com muitas novidades e oportunidades de negócios para os artesãos - FOTO: Divulgação
Leitura:

A Fenearte vai voltar. Depois da suspensão da feira em 2020, por conta da pandemia da covid-19, e do adiamento da realização este ano, a 21ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) acontece entre os dias 10 e 19 de dezembro, no Centro de Convenções de Pernamabuco (Cecon), em Olinda. Com dois dias a menos este ano, uma das principais preocupações dos organizadores foi respeitar os protocolos para garantir a segurança sanitária da feira. Só poderá ter acesso ao evento quem tiver tomado as duas doses da vacina contra a covid-19. Durante os dias da feira, a Secretaria Estadual de Saúde vai disponibilizar ponto de vacinação e testagem rápido na área externa do Cecon para atender os visitantes. Nesta quarta-feira (1ª), a coordenação da Fenearte realizou coletiva com a imprensa para apresentar a 21ª edição da feira.  

A secretária executiva em vigilância em saúde de Pernambuco, Patrícia Ismael, explica que para garantir a saúde dos visitantes, expositores e da organização, será exigido o esquema de vacinal completo, mediante a apresentação da carteirinha de vacinação. "Só poderá ter acesso ao evento quem tiver tomado as duas doses da vacina. Quam tomou apenas uma, poderá aplicar a segunda na feira. Porém, como é necessário aguardar 14 dias após a aplicação da vacina para garantia a efetividade do imunizante, será necessário complemenar com a realização da testagem rápida, com resultado negativo", observa. 

Patrícia reforça que quem tomou apenas uma dose da vacina não poderá ter acesso à Fenearte, mesmo que faça o teste rápido e dê negativo. Com essas exigências, a Fenearte segue as regras de convivência pré-estabelecidas pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19. Além da vacinação, também será exigido o uso de máscara durante toda a permanência no pavilhão de feiras. Pelo menos 90 totens com álcool gel estarão disponíveis ao longo da feira e também máquinas sanitizantes. 

COBERTURA VACINAL

De acordo com a Secretaria de Saúde, 75% da população pernambucana já completou o ciclo vacinal e a expectativa é de que esse número chegue a 90%. "Nós queremos que a Fenearte ajude na campanha para ampliar a vacinação no Estado, oferecendo uma alternativa de acesso direto às doses sem necessidade de agendamento aos visitantes", afirma a coordenadora da feira, Márcia Souto. 

O secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, que participou da coletiva, explica que a Fenearte será o sétimo evento de grande porte (com aglomeração) a ser realizado no Estado. "No dia 1º de outubro reiniciamos o calendário de feiras, com a realização da Bienal do Livro de Pernambuco, que serviu como teste para essa retomda. Depois foram realizados outros eventos e a Fenearte será o sétimo", contabiliza. Novaes adianta, ainda, que foi criado um mecanismo para facilitar o pagamento do estacionamento e evitar aglomeração. Serão 12 totens, além de promotores realizando o pagamento antecipado junto aos visitantes.  

Comentários

Últimas notícias