futebol

Federação Italiana de Futebol planeja retomar jogos em 20 de maio

Dirigente Gabriele Gravina afirmou que assim a emergência em saúde "for superada", o futebol vai retomar a competição. "A prioridade absoluta é terminar o campeonato"

JC
JC
Publicado em 01/04/2020 às 17:07
Notícia
FIGC/Reprodução de vídeo
Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol, diz que quarentena dos times deve durar até 18 de abril - FOTO: FIGC/Reprodução de vídeo
Leitura:

Enquanto alguns eventos são cancelados e outros adiados para o ano que vem, o Campeonato Italiano poderá ser retomado em 20 de maio. Pelo menos é esta uma das opções apresentadas, nesta quarta-feira (1º), por Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol, diante da pandemia do coronavírus.

"Hoje ninguém pode fazer previsões até que tenhamos essa emergência de saúde. É uma emergência única, que afetou todos os setores. Mas assim que for superada, devemos avançar e o futebol está pensando em como retomar a competição. A prioridade absoluta é terminar o campeonato", disse o dirigente, que coloca o início de junho como outra alternativa para o retorno da disputa de futebol no país.

"Até 18 de abril, estaremos em isolamento total. Existe a hipótese de retornar dia 20 de maio ou no máximo no início de junho, para terminarmos em julho", disse Gravina.

O Campeonato Italiano está paralisado desde 9 de março e a Juventus lidera a competição, com 63 pontos, contra 62 da Lazio e 54 da Internazionale. Restam 12 rodadas a serem disputadas.

A Itália é o país mais afetado pela COVID-19 na Europa, com mais 110 mil pessoas infectados e 13 mil até o momento.

UEFA VAI DISCUTIR NOVO CALENDÁRIO

A Uefa convocou as 55 federações-membro para uma reunião por videoconferência nesta quarta-feira (1º) para tratar "o progresso" na reprogramação dos campeonatos, atualmente suspensos devido à pandemia do coronavírus, anunciou a entidade nesta segunda-feira (30/4).

CBF VAI AJUDAR OS ÁRBITROS

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu acatar o pedido da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf) e começar, nesta quarta-feira (1), repasse de valores para ajudar os árbitros do País nos próximos três meses. O período foi o determinado pelo Ministério da Saúde como o necessário ao afastamento social para a contenção da pandemia do novo coronavírus. Todas as competições sob a chancela da entidade máxima do futebol brasileiro estão paralisadas desde o dia 15 de março.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias