futebol inglês

Southampton acerta redução de salários na Premier League por três meses

Existe a possibilidade dos salários de abril, maio e junho serem pagos nas datas previstas, mas dependerá da evolução da epidemia e da data de reinício das competições

AFP
AFP
Publicado em 09/04/2020 às 12:58
Notícia
Southhampton FC/Divulgação
Southampton tinha sido o primeiro clube a reduzir salário na Premier League em decorrência da pandemia - FOTO: Southhampton FC/Divulgação
Leitura:

O Southampton se tornou o primeiro clube da Premier League a acertar a redução salários dos jogadores, do técnico da equipe, Ralph Hasenhuttl, e dos dirigentes devido à crise econômica causada pela epidemia do coronavírus na Inglaterra, anunciou nesta quinta-feira (9) o clube da Premier League em comunicado.

Existe a possibilidade dos salários de abril, maio e junho serem pagos nas datas previstas, mas dependerá da evolução da epidemia e da data de reinício das competições nacionais de futebol, interrompidas há um mês.

 "O conselho de administração, a comissão técnica e o elenco da equipe principal concordaram em reduzir parte de seus salários pelos meses de abril, maio e junho para ajudar a proteger o futuro do clube, os funcionários que trabalham para ele e a comunidade que servimos. Nestes tempos sem precedentes, estamos lidando com muitos desafios ao nosso modelo de negócios e às operações cotidianas", diz um trecho da nota oficial publicada no site do clube (https://www.southamptonfc.com/news/2020-04-09/southampton-football-club-statement-coronavirus-response-april-2020).

O clube informou que seus outros assalariados, não afetados pela medida, "continuarão recebendo seus salários integralmente".

Pensando no futuro

O Southampton explicou que este adiamento do pagamento dos salários dos jogadores "vai ajudar a preservar a existência futura do clube, da comissão técnica, e a comunidade que servimos". Ao mesmo tempo, o clube do sudeste da Inglaterra se comprometeu em "continuar dando suporte à cidade de Southampton, através da Saint Foundation e dar toda a assistência que estiver que nos pudermos dar".

No momento da paralisação do Campeonato Inglês, em 13 de março, após 29 rodadas disputadas, o Southampton ocupava a 14ª colocação na tabela.

No dia 19 de março, a Associação de Futebol do país comunicou que a suspensão das atividades será ampliada do dia 4 de abril para o dia 30 do mesmo mês por conta das consequências do coronavírus.

Mais de 7.000 pessoas morreram vítimas da covid-19 no Reino Unido, cujo primeiro-ministro, Boris Johnson, também infectado, se encontra sob tratamento intensivo no hospital Saint-Thomas de Londres.

Solidariedade

Jogadores da Premier League anunciaram nessa quarta-feira o lançamento de uma iniciativa para gerar fundos para o Serviço Nacional de Saúde Britânico (NHS) na luta contra a nova pandemia de coronavírus. A ideia, que recebeu o nome #PlayersTogether ('United Players'), foi criada para "ajudar aqueles que lutam por nós na linha de frente do NHS" contra o surto de covid-19.

Jogadores como o capitão do Liverpool, Jordan Henderson, o artilheiro da seleção inglesa Harry Kane e o atacante do Gabão Pierre-Emerick Aubameyang já divulgaram a iniciativa por meio de suas mídias sociais.

PODCAST

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus afetando o mundo todo, o futebol segue sendo debatido no podcast Liga do Escrete, um podcast da Rádio Jornal especializado em futebol internacional. No episódio desta semana, além de algumas notícias dos clubes, vários quadros exclusivos do programa. Dentre os assuntos debatidos, um tema que gerou bastante debate: quais os cinco maiores atacantes da história da Seleção Brasileira? Além disso, um duelo envolvendo um craque do passado x craque da atualidade: Maldini ou Piqué, quem você queria no seu time?

Além desses temas, o programa também comentou escolheu a maior final de Liga dos Campeões dos últimos 20 anos. Ah, na trilha sonora do programa... Led Zeppelin! Você pode ouvir o podcast desta semana através do site da Rádio Jornal ou no seu aplicativo de podcast favorito.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias