Spider

Lutador de MMA Anderson Silva se acorrenta em protesto contra o racismo

Além de posar para foto com as mãos acorrentadas, o lutador postou um texto em inglês sobre ódio e ganância

JC
JC
Publicado em 03/06/2020 às 17:04
Notícia
Divulgação
"Alguns só queriam ser tratados com igualdade e respeito, outros apenas desejam individualidade, ódio e indiferença", escreveu Anderson Silva - FOTO: Divulgação
Leitura:

Um dia após se posicionar sobre a morte do ex-segurança negro George Floyd por um policial branco de Minnesota, nos Estados Unidos, que desencadeou uma onde de protesto contra o racismo pelo mundo, com a hastag Black Lives Matters (Vidas Negras Importam, em inglês), o lutador  brasileiro de UFC Anderson The Spider Silva voltou a se manifestar em sua redes sociais, desta vez ressaltando o ódio e a ganância. Em seu perfil no Instagram, além da foto, ele publicou um texto em inglês, comparando os desejos que são negados. "Alguns só queriam ser tratados com igualdade e respeito, outros apenas desejam individualidade, ódio e indiferença", escreveu´.

 




Tradução do post de Spider para o português:

Alguns queriam um emprego melhor, outros, apenas um emprego.

Alguns queriam mais uma refeição; outros, apenas uma refeição.

Alguns queriam uma vida mais pacífica, outros, apenas viver.

Alguns queriam pais mais esclarecidos, outros apenas ter pais.

Alguns queriam ter olhos claros, outros apenas ver.

Alguns queriam ter uma voz bonita, outros apenas falar.

Alguns queriam silêncio, outros apenas ouvir.

Alguns queriam sapatos novos, outros apenas ter pés.

Alguns queriam um carro, outros apenas andar.

Alguns queriam supérfluos, outros, apenas o que necessário.

Alguns só queriam ser tratados com igualdade e respeito, outros apenas desejam individualidade, ódio e indiferença.

A questão que permanece é que, se diante de Deus somos todos iguais e nada levamos deste mundo material, e se nada vale o poder da riqueza e bens materiais ... Então, por que tanto ódio e tanta luta pelo poder, tanta destruição e matança? Isso me intriga, porque é uma pergunta que devemos fazer olhando no espelho ... Como pode tanto ódio e tanta ganância por um mundo que não pode ser levado conosco quando formos embora?

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias