Homofobia

Após ataques a Gil do Vigor, ainda não foi protocolado nenhum pedido de afastamento contra conselheiros do Sport

Pedro Lacerda afirmou que se a solicitação for feita, o caso será analisado pela comissão de ética do conselho

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 15/05/2021 às 21:48
Notícia
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM @gilnogueiraofc
Gil do Vigor revelou ser torcedor do Sport quando ainda estava no confinamento no BBB 21. - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM @gilnogueiraofc
Leitura:

O presidente do Conselho Deliberativo do Sport, Pedro Lacerda, afirmou neste sábado (15) que, até as 17h da última sexta-feira (14), nenhum pedido de afastamento contra qualquer conselheiro havia sido protocolado junto ao órgão colegiado. Ontem, vieram à tona áudios atribuídos a Flávio Koury, conselheiro do clube, em que ele faz várias críticas de teor homofóbico ao ex-BBB Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, que esteve recentemente na Ilha do Retiro e reproduziu os passos da dança que era uma das suas marcas registradas no programa da Rede Globo. De acordo com o UOL, também existiriam áudios do conselheiro Renan Valeriano defendendo a atitude de Koury.

Mãe de Gil do Vigor desabafa e cobra justiça: "Estou indignada"

Ataques a Gil do Vigor expõem preconceitos que elite esconde em grupos de WhatsApp

"Pelo fato da nossa secretaria funcionar de segunda a sexta, das 8h às 17h, nenhuma representação foi protocolada. Se isso ocorrer na próxima semana, eu farei uma apreciação preliminar de requisitos e se estiver tudo ok, farei um despacho para instalar a comissão de ética para apurar a possível infração referenciada", declarou Lacerda.

O presidente do conselho frisou, ainda, que após a análise da comissão de ética, é um grupo de conselheiros, e não ele, individualmente, quem vai decidir se cabe alguma punição aos envolvidos no caso. "Enquanto tudo estiver sendo apurado pela comissão, os envolvidos terão direito à ampla defesa, ao contraditório, poderá haver contestação. Só depois disso o parecer será emitido, e é esse parecer que será submetido ao plenário", explicou.

O conselheiro do Leão teria feito as críticas ao torcedor depois que o clube convidou o economista para visitar a Ilha do Retiro. "1,2 milhão de visualizações. Arretado! 1,2 milhão de pessoas achando que no Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar... Vai ser lindo!", teria dito Koury.

Após a divulgação do áudio pelo vereador Romero Albuquerque, que também é conselheiro do Sport, o apoio ao ex-BBB foi imediato. O próprio clube, a vencedora do reality, Juliette Freire, e o ex-presidente Lula (PT) foram alguns dos que se solidarizaram com o rubro-negro.

Comentários

Últimas notícias