Tóquio 2020

A "Fadinha" está em casa: Rayssa Leal desembarca no Brasil após faturar a medalha de prata no skate street na Olimpíada

A brasileira chegou em São Paulo no fim da madrugada desta quarta-feira após longa viagem

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 28/07/2021 às 7:59
Notícia
ULIO DETEFON (CBSK)/REPRODUÇÃO
Aos 13 anos, Rayssa Leal conquistou a medalha de prata no skate street na Olimpíada de Tóquio - FOTO: ULIO DETEFON (CBSK)/REPRODUÇÃO
Leitura:

Medalha de prata, a skatista Rayssa Leal, a "Fadinha", de 13 anos, desembarcou no Brasil, no fim da madrugada desta quarta-feira, após a Olimpíada de Tóquio. Por meio das redes sociais, ela registrou a chegada no aeroporto de São Paulo para a conexão com destino a Imperatriz, no Maranhão, a cidade natal. 

LEIA MAIS

Pelé e outras personalidades parabenizam Rayssa Leal pela medalha de prata

Medalhas de Rayssa Leal, a Fadinha, e Kelvin Hoefler, nas Olimpíadas de Tóquio, impulsionam popularidade do skate; entenda

Veja o vídeo que viralizou e tornou Rayssa Leal, prata nas Olimpíadas de Tóquio, a 'fadinha' do skate

Saiba por que Rayssa Leal é conhecida como "fadinha do skate"

"Eu estava me divertindo", diz Rayssa Leal sobre a disputa do skate que lhe rendeu a medalha de prata em Tóquio

Rayssa Leal entrou para a história do Brasil após faturar o título de vice-campeão. Ela conseguiu o feito na categoria "skate street" em Tóquio. Isso na estreia do esporte nos Jogos Olímpicos. 

A "Fadinha", como ficou mais conhecida, após viralizar na internet andando de skate com uma fantasia, desbancou as brasileiras e concorrentes Pâmela Rosa e Letícia Buffoni. Além do talento no esporte, Rayssa Leal conquistou o Brasil com a humildade e alegria. 

"Chegamos no Brasil! Cansados, mas passando bem. Fizemos amizades no voo! Que nome devemos dar pra ela? Mande sugestões!", disse Rayssa, em publicação no Twitter.

CONFIRA

Comentários

Últimas notícias