TÓQUIO 2020

Saiba por que Rayssa Leal é conhecida como "Fadinha do skate"

Prata em Tóquio, Rayssa foi notada pela lenda da modalidade, Tony Hawk, já aos sete anos de idade

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 26/07/2021 às 13:39
Notícia
Reprodução/Instagram
Rayssa Leal foi apelidade de "fada" pela lenda do skate Tony Hawk - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Atleta mais jovem a subir em um pódio de Olimpíada ao faturar a medalha de prata na madrugada desta segunda-feira (26), a skatista Rayssa Leal, de 13 anos, recebeu o apelido de "Fadinha" quando tinha apenas sete anos de idade.

Ainda nos seus primeiros anos andando de skate, um vídeo de Rayssa fazendo manobras enquanto estava vestida de fada viralizou nas redes sociais. A publicação teve um alcance tão grande que até a lenda do skate Tony Hawk compartilhou em seu Twitter.

"Um heelflip de conto de fadas no Brasil", disse o skatista ao tuitar o vídeo de Rayssa.

Skatista desde os seis anos de idade, a maranhense da cidade de Imperatriz, Rayssa Leal, aprendeu a fazer manobras sozinha, vendo vídeos pela internet, e passou a competir um ano depois que começou a praticar o esporte.

"Eu estava me divertindo", diz Rayssa Leal sobre a disputa do skate que lhe rendeu a medalha de prata em Tóquio.

Modalidade olímpica pela primeira vez, o skate teve a honra de ter Rayssa como uma das representantes brasileiras participando da modalidade. Medalhista de prata, a Fadinha representou bem as colegas Pamela Rosa e Letícia Bufoni como única do Brasil na final, sendo superada apenas pela japonesa Momiji Nishiya, que também tem 13 anos de idade.

Comentários

Últimas notícias