ESTADUAL

Hélio dos Anjos quer boa participação do Náutico no Pernambucano para garantir calendário cheio em 2022

Nesta temporada o Timbu vai participar apenas do estadual e da Série B

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 26/02/2021 às 7:32
Notícia

CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Segundo Hélio dos Anjos, o grupo está em uma fase de treinamentos numa intensidade muito grande. - FOTO: CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Leitura:

Com apenas o Campeonato Pernambucano por disputar neste início de temporada, o Náutico terá um calendário mais leve no primeiro semestre. Se engana, no entanto, quem pensa que o maior intervalo entre os jogos agrada o técnico alvirrubro Hélio dos Anjos. Na avaliação do treinador, o Timbu não tem nenhum tipo de vantagem por estar disputando apenas o estadual, enquanto os adversários locais participam também da Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Para ele, não participar de duas das competições mais importantes do país representa uma perda técnica e financeira.

“Gostaria muito de estar disputando a Copa do Nordeste. Para mim, é a quarta competição mais importante do país, já que o primeiro é o Campeonato Brasileiro, depois a Copa do Brasil, Campeonato Paulista e a Copa do Nordeste. Isso em termos de importância para o calendário. Clássicos, rivalidade, a preparação dos times fica em alto nível porque está jogando contra equipes de um nível muito alto também. Teria oportunidade de dar mais rodagem aos jogadores mais jovens, porque teria mais jogos. Nós temos um prejuízo técnico por não participar e o financeiro também”, afirmou em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal.

 

Para voltar a ter um calendário cheio em 2022, a participação no Campeonato Pernambucano é de suma importância. Isso porque o estadual é uma espécie de “passaporte” para o torneio regional e nacional. Ciente disso, Hélio dos Anjos reforça a responsabilidade que o atual elenco e comissão técnica tem em garantir a participação nessas competições no ano que vem. A estreia do Timbu no Pernambucano está marcada para este sábado (27), diante do Central, às 19h, no estádio dos Aflitos.

“Eu como treinador do Náutico não posso admitir não colocar o Náutico num calendário de Copa do Nordeste no ano que vem. Não posso admitir e não aceitaria como técnico de futebol profissional do Clube Náutico Capibaribe. Nós somos responsáveis pelo calendário do futuro do Náutico. A nós foi incumbido a oportunidade de fazer isso em 2021 para em 2022 o Náutico estar realmente no seu lugar em relação às competições nacionais. Essa tem sido a minha palavra dentro do clube. Nós não podemos admitir o Náutico sem calendário em 2022 por causa de resultados ruins no Campeonato Pernambucano”, declarou o técnico.

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA:

As vagas da Copa do Brasil são direcionadas para o campeão e o vice do Pernambucano, além de um número específico de vagas que é destinado aos clubes mais bem ranqueados do país que não conseguiram suas vagas por meio do estadual. Neste contexto, o Sport tem a vantagem por ser, atualmente, o time mais bem colocado no estado nesse quesito. Já na Copa do Nordeste, Pernambuco perdeu uma vaga para o estado do Ceará. Assim, na edição de 2022, as vagas serão do campeão estadual e uma pelo ranking.

Comentários

Últimas notícias