CONTRATO

Com contrato até abril, centroavante tem situação indefinida no Santa Cruz

Empresário de Victor Rangel pretende esperar que a pandemia de coronavírus seja controlada para negociar uma possível renovação de vínculo com o Tricolor

Filipe Farias
Cadastrado por
Filipe Farias
Publicado em 20/03/2020 às 16:26
BRENDA ALCÂNTARA/ JC IMAGEM
RENOVADO Após superar drama familiar, Victor Rangel vive boa fase - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/ JC IMAGEM
Leitura:

Principal reforço do Santa Cruz nesse início de temporada, Victor Rangel tem a sua permanência no Arruda incerta para o restante do ano. Isso porque o centroavante, de 29 anos, tem contrato com o Botafogo até o dia 30 de abril - mesma data que encerra o seu empréstimo com o Tricolor. Com isso, para permanecer no clube pernambucano, a diretoria coral teria de arcar com a totalidade do salário do atacante - atualmente, o clube carioca paga boa parte dos vencimentos do atleta, como parte do acordo envolvendo a negociação do lateral-direito Warley.

A reportagem do Jornal do Commercio procurou o empresário do centroavante, Sandro Zardo, que revelou que tinha uma vinda ao Recife ainda neste mês, mas que a viagem para a capital pernambucana teve de ser adiada por conta do coronavírus. "Eu devo ir aí (Recife) em breve. A minha programação era de ir para acompanhar as finais (Pernambucano), mas agora mudou tudo, né  (por conta do coronavírus)? Tenho uma boa amizade com Tininho (Constantino Júnior, presidente do Santa Cruz) e o Nei Pandolfo (executivo de futebol tricolor) é um grande amigo meu. Conheço ele há muitos anos. Por isso deu tudo certo para o Victor (Rangel) ir pra aí (Santa)", comentou o representante do atleta.

Como a continuação das competições nesse início de ano ainda é incerta, Sandro Zardo espera que assim que essa pandemia seja controlada, a bola volte a rola nos gramados brasileiros. "Vamos torcer que o Santa Cruz tenha um final feliz no Campeonato Estadual e que ele (Victor Rangel) vá bem. Com essa parada, espero que não atrapalhe. Com relação ao contrato dele (que termina no final de abril), não tem nada definido. Não foi falado nada ainda com ninguém. Até porque essa situação (coronavírus) pegou todos de surpresa... Já sabíamos que isso poderia acontecer, mas não com essa gravidade", contou o empresário. "Não falei com ninguém do Botafogo e nem do Santa Cruz, mas o Victor (Rangel) está feliz no clube e gostando muito da cidade. Torcer para que tudo dê certo e qualquer coisa a gente prorrogue", complementou.

COLABORAÇÃO

Diante de toda essa mobilização do País para conter o coronavírus, o representante do centroavante acredita que será necessário um entendimento geral quando o futebol voltar a ser disputado. "Acho que terá de ter o bom senso de todo mundo e se adequar ao mercado... CBF, Fifa e clubes de adequar todas as situações (campeonatos e contratos dos atletas) e todos se ajudarem. Minha ideia é essa e estou aberto a qualquer situação que tiver de acontecer e colaborar", resumiu Zardo.

Comentários

Últimas notícias