PORTÕES FECHADOS

Jogadores do Santa Cruz lamentam Clássico das Multidões sem público: 'temos de nos adaptar ao novo normal'

Tricolor encara o Sport no próximo domingo (19), às 16h, na Ilha do Retiro, pela 9ª rodada do Campeonato Pernambucano

JC
JC
Publicado em 15/07/2020 às 19:02
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Sport x Santa Cruz se enfrentam domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, pela 9ª rodada do Campeonato Pernambucano - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

A pandemia do novo coronavírus vai provocar uma das maiores contradições de um Sport x Santa Cruz: um Clássico das Multidões esvaziado. Devido às medidas de prevenção e combate à covid-19, o duelo conhecido historicamente por protagonizado diante de grandes públicos, desta vez, não contará com a presença do torcedor. No próximo domingo (19), às 16h, a Ilha do Retiro estará vazia e o clássico válido pela 9ª rodada do Campeonato Pernambucano será disputado de portões fechados, algo lamentado pelos jogadores corais; mas, ao mesmo tempo, compreendido.

"Não é bom, porque futebol é feito com torcida, ainda mais se tratando de um Clássico das Multidões. Infelizmente, devido ao problema a pandemia, temos de nos adaptar ao novo normal. Espero que não dure muito (jogos de portões fechados), mas sabemos que é pra nossa segurança e da segurança de pessoas próximas a nós. Temos de lutar contra esse vírus", contou o zagueiro tricolor Danny Morais. "Acho que a atmosfera vai ser um pouco diferente, mas o nível de disputa de jogo vai manter e o ambiente de briga saudável. Espero que o clássico seja bem jogado e bem disputado", desejou o capitão tricolor.

Mesmo sem o apoio do torcedor, Feliphe Gabriel acredita que o Santa Cruz está pronto para surpreender o Sport no domingo."Vai ser bem diferente do comum... Um clássico considerado das multidões, sem torcidas? É difícil tudo que estamos vivendo atualmente, porém, a rivalidade continua e garanto que estamos bem preparados e focados para esse grande jogo pelo Pernambucano", contou o zagueiro.

FOCO NA VITÓRIA

Por se tratar de um clássico, os jogadores corais pregam empenho diante do Sport, mas descartam motivação extra para eliminar o maior rival. "Para nós, independentemente do posicionamento da tabela, será um jogo decisivo. Jogamos por um bom recomeço de retomada das competições. A gente se prepara para as fases decisivas de todas as competições. Se já estamos classificados é mérito nosso. Nossa preparação, nosso trabalho é importante para nos levar às conquistas. Temos de focar no que a gente precisa e queremos recomeçar com o pé direito. Nossa equipe está representando o Santa Cruz... É um jogo importante para nós e vamos encarar da mesma maneira que encaramos no início do ano", detalhou Danny Morais.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias